INSÔÔNIA.com
mar
06
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 14:45
libélulas

Recentemente, um estudo realizado na Universidade de Zurique, na Suiça, descobriu que as libéluas fêmeas (Aeshna juncea) simulam a própria morte para evitar machos indesejados.

As fêmeas se arriscam numa manobra perigosa, que consite em interromper o voo e se atirar no chão, para enganar os machos que tentam copular com elas.

O comportamento é comum nessa espécie, comumente encontrada na Europa, na América do Norte e na Ásia, devido a uma particularidade no que se refere ao acasalamento e ao comportamento dos machos.

libélulas

Os machos interceptam as fêmeas em pleno voo e uma cópula já basta para que haja fertilização. No entanto, eles, diferentemente dos de outras espécies de libéluas, não protegem as fêmeas depois, nem as acompanham até que estejam em ambiente seguro para colocar seus ovos.

Isso significa que elas podem ser interceptadas em seguida por outro macho e uma segunda cópula, quando os ovos já estão fertilizados, compromete todo o processo de reprodução e ainda reduz o tempo de vida da fêmea.

É aí que entra a estratégia descoberta pelo pesquisador Khelifa, que estuda as libélulas há 10 anos. Em seu estudo, ele observou 27 fêmeas se atirando ao chão ou se jogando em arbustos, fingindo-se de mortas. Entre essas, 21 conseguiram enganar os machos.

O pesquisador também teve a oportunidade de observar o que acontecia com as que não utilizavam o recurso teatral: todas as fêmeas que continuaram a voar após a primeira cópula, foram agarradas por vários machos durante o voo.

Em uma entrevista à New Scientist, Khelifa se disse surpreso na ocasião, uma vez que estudava libélulas há tanto tempo e desconhecia, até então, esse tipo de comportamento.

eu constantemente.
eu constantemente.
mar
01
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 16:00

É certo fazer justiça com as próprias mãos? Não é. Mas eu ri.

Um rapaz cometeu maus-tratos contra um cãozinho indefeso, jogando-o em um rio poluído e as pessoas que presenciaram o acontecido, decidiram setenciar o jovem com a mesma moeda.

A população, revoltada com a atitude infeliz do rapaz, se uniu e jogou o infrator no esgoto. O fato aconteceu no rio da praça da feira livre, 22/02.

Logo em seguida, as pessoas ali presente ajudaram retirar o cão do rio e o entregaram para a dona que preferiu sair imediatamente do local.

maus-tratos
Fonte: unomidias.com.br

Vale ressaltar que justiça com as próprias mãos não é legal.

Diante de uma crueldade contra animais, qualquer cidadão pode comunicar à Polícia Militar por meio do telefone 190. A Polícia Ambiental também pode ser acionada.

Não tenha medo! É possível denunciar de maneira anônima ou pedir sigilo dos dados no momento da denúncia.

A denúncia de maus-tratos contra animais é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

Não faça justiça com as mãos. Denuncie
Não faça justiça com as mãos. Denuncie
fev
20
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 23:15
gafanhotos

A África está sofrendo com uma das piores invasões de gafanhotos já registradas na história. Bilhões de gafanhotos atacaram as plantações no leste do país e os mesmos estão indo em direção a Ásia, o que fez com que a China tomasse uma atitude, esta semana, para evitar a invasão.

Como não bastasse toda a questão do surto de Coronavírus no país, agora BILHÕES de gafanhotos estão indo em direção a China.

Como controle biológico, o governo chinês enviou 100 mil patos para a fronteira para combater essas pragas.

Segundo as autoridades chinesas, cada pato consegue controlar 4m² e o número de animais deve resolver a situação. Estimam-se que são cerca de 400 bilhões de gafanhotos.

O canal de notícias estatal da China chamado CGTN divulgou um vídeo dos patos sendo enviados à fronteira como se fossem um exército.

E assim começa a 3ª Guerra mundial
E assim começa a 3ª Guerra mundial
fev
08
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 15:30

A vida imita a arte! Um macaco babuíno que vive no Parque Nacional Kruger, na África do Sul, foi flagrado imitando uma das cenas mais icônicas do filme ‘O Rei Leão’.

O animal foi visto segurando um filhote de leão, na tentativa de protegê-lo de um grupo de primatas que estavam cercando-o. As fotografias foram tiradas por Kurt Schultz, guia e proprietário do local.

Rei Leão

Os primatas iriam atacar o filhote, quando, de repente, o babuíno o pegou e saiu correndo.

Em seguida, o babuíno levou o pequeno Simba para o topo de uma árvore e o afastou do restante do grupo. 

Rei Leão
Rei Leão
Rei Leão

“Foi uma experiência estranha. Fiquei preocupado, pois se o filhote caísse não sobreviveria. O babuíno estava cuidando do filhote de leão como se fosse um filho seu”, contou o guia.

“Em 20 anos como guia no Sul e no Leste da África, já vi babuínos matarem filhotes de leopardo e já ouvi sobre eles matando filhotes de leão. Nunca vi um carinho e uma atenção dessa maneira”, acrescentou Kurt.

Rei Leão
Rei Leão
iti malia
iti malia
jan
20
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 14:30

O casal Cassie Langan e Chris, do sul da Austrália, deram um castigo pra lá de inusitado e criativo para os seus três filhos que recusaram viajar em família.

Os pais tiraram férias juntos e programaram um momento único com os filhos que seria uma viagem para a praia. Esses momentos são bem raros por conta da rotina de trabalho do casal, mas o que eles não esperavam era que os filhos não fossem topar.

“Nossa filha de 17 anos se recusou a ir e nosso filho de 10 anos fez uma birra enorme listando todas as razões pelas quais era injusto fazer com que ele fosse obrigado”, contou a mãe.

“Já o filho de 13 anos foi o único que concordou, mas com relutância. No final, dissemos às crianças se elas não fossem, nós levariámos o modem da internet e eles disseram que ‘tudo bem’”, completou.

Os pais contaram ao Today Parents que seus filhos passam tempo demais na internet e que isso tem se tornado uma preocupação para o casal. E foi por isso que eles decidiram viajar e deixaram os filhos em casa sem internet.

A história viralizou no facebook, pois a mãe das crianças publicou várias fotos do modem na viagem, ironizando os filhos que ficaram em casa entediados e sem internet.

viajar em família
viajar em família
tragam um troféu para esses pais
tragam um troféu para esses pais
jan
20
2020
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 13:31

Parece história, mas é real e aconteceu na cidade de Cascável, no Paraná.

A ave, um papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva), foi resgatada há 5 anos de seu antigo dono que era um traficante. Durante um tiroteio com a polícia, o animal foi atingido no bico e ficou cego.

Depois foi levado para o zoológico de Cascavel, onde foi apelidado de Freddy Krueger, devido a sua deformidade na cara, e onde vive até hoje.

Em 2019, o zoológico foi invadido por bandidos armados que levaram o papagaio Freddy. E DETALHE: o animal estava se recuperando de outro evento inesperado: ele havia levado uma picada de cobra dentro do zoológico.

Os ladrões renderam o guarda municipal e levaram o Freddy, uma outra ave da mesma espécie e um botijão de gás.

O que ninguém esperava era que Freddy voltaria para o zoológico por conta própria, dois dias depois. Ele foi encontrado próximo de um pinheiro, ao lado do viveiro onde ficava.

Apesar dos grande obstáculos que enfrentou, o papagaio consegue levar hoje uma vida quase normal. A perda de parte do bico não o deixa descascar sementes, mas a ave consegue comer frutas e ração normalmente. “Ele tem uma saúde de ferro”, contou o veterinário do Zoo.

Papagaio

Da boca de fumo para o mundo
Da boca de fumo para o mundo
nov
12
2019
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 18:57

Cães farejadores de sangue podem se tornar uma importante ferramenta na detecção precoce de câncer nos seres humanos.

É o que mostra um estudo apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Bioquímica e Biologia Molecular durante a conferência de Biologia Experimental de 2019 em Orlando, Flórida.

O estudo comprovou que cães podem farejar câncer no sangue humano com muita precisão. Para isso, foram ensinados 4 cães da raça beagle a distinguir entre amostras de sangue saudável e amostras de pacientes com câncer.

CRÉDITO: BIOSCENTDX

Para se ter uma ideia, o ser humano possui cerca de 6 milhões células receptoras de odores e somos capazes de detectar quase 1 trilhão de aromas. Já os cães, muitas raças possuem mais de 220 milhões dessas células, o que os torna mais sensíveis a odores que não podemos perceber.

Os cães treinados foram capazes de identificar amostras de sangue de pacientes com câncer com 97% de confiabilidade.

Heather Junqueira, principal pesquisadora do estudo, diz que os resultados podem levar à detecção canina como uma abordagem não invasiva e de baixo custo para dignóstico precoce de câncer e talvez outras doenças.

Os cães também podem detectar câncer antes de outros exames tradicionais, acrescentou ela.

“Este trabalho é muito emocionante porque abre caminho para pesquisas futuras em dois caminhos, o que poderia levar a novas ferramentas de rastreamento do câncer. Um deles é usar os cães para detecção de odores como método de detecção de cânceres, e a outra seria determinar os compostos biológicos que os cães detectam e, então, projetar testes de rastreamento do câncer baseados nesses compostos.”

Fonte:  www.revistasaberesaude.com
viu pq é importante investir nas universidades anjo?
viu pq é importante investir nas universidades anjo?