INSÔÔNIA.com
Estudo comprova que fetos de 4 meses de gestação são capazes de ouvir e cantar músicas
jun
15
2019
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 14:39

Um estudo realizado no Instituto Marques de Barcelona, na Espanha, revelou que fetos sofrem interferências externas e são capazes de detectar sons com apenas 4 meses de gestação.

Segundo a Doutora Marisa Lopez-Teijon, quem liderou o estudo, os resultados mostraram que os bebês ainda na barriga da mãe, respondem à música transmitida por via intravaginal, movendo sua boca e língua “como se estivesse tentando falar ou cantar”.

4 meses

O que acontece é que a música estimula a parte do cérebro envolvida na comunicação e, ao ouvir o som, o feto responde com movimentos semelhantes aos da vocalização, algo que ocorre antes de aprender a falar.

Usando o dispositivo conhecido como Babypod, desenvolvido para o estudo, as mães poderiam estimular a capacidade de comunicação do seu bebê antes dele nascer. Em suma, a ideia sugere que os bebês podem começar a aprender antes mesmo de nascerem.

O experimento foi realizado em mulheres grávidas entre 14ª e 39ª semana de gravidez. Ao londo do estudo, a equipe utilizou um ultrassom para observar a reação dos fetos depois de ouvir uma música.

A música foi emitida de forma intravaginal, através de uma caixinha de som especial inserido na vagina. Os fetos ouviram “Concerto em Lá Menor”, de Johann Sebastian Bach.

O exame de ultrassonagrafia realizado antes de iniciar a música mostrou que cerca de 45% dos fetos fizeram momentos com a cabeça e membros
de forma espontânea, enquanto 30% movimentou a boca ou lingua, e 10% colocou a lingua pra fora.

Depois de expostos ao som emitido através do dispositivo intravaginal, 87% dos fetos reagiram com movimentos da cabeça e dos membros e pararam
de se movimentar quando a música foi interrompida.

Além disso, 50% dos fetos reagiram com um movimento impressionante, abrindo bastante sua mandíbula no ritmo da música e colocando a lingua para fora o máximo possível.

“Estamos cientes da importância de falar com os bebês a partir do momento em que nascem para promover a estimulação neurológica.
Agora, temos a oportunidade incrível de fazer isso muito mais cedo, o que é um grande avanço”
, disseram os pesquisadores em um comunicado.

O estudo foi publicado na revista Ultrasound.

meus filhos vão ouvir Rihanna
meus filhos vão ouvir Rihanna
anuncie

Blizhost hospedagem de sites
Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário