Gislaine Lima | Insoonia
Curiosidades / Por: Gislaine Lima às 02:10
out
25
2014

pepperoni-pizza

Uma mulher ligou para a polícia para pedir uma pizza de pepperoni, mas o que ela queria mesmo era ser socorrida após ser agredida pelo namorado. A policial, do outro lado da linha, percebeu a emergência e enviou uma viatura à casa da vítima. A conversa foi publicada na internet. Confira:

911 (número da polícia dos EUA), onde é a emergência?”

“123 Main St.”

“Ok, o que está acontecendo?”

“Gostaria de pedir uma pizza.”

“Senhora, você ligou para o 911.”

“Sim, eu sei. Gostaria de pedir uma pizza de pepperoni, com cogumelo e pimenta”

‘Ummm… sinto muito, você sabe que ligou para o 911, né?’

“Sim, você sabe quanto tempo vai levar para chegar?”

“Ok, senhora, está tudo bem aí? Você tem uma emergência?

“Sim, eu tenho.”

“E você não pode falar porque há alguém no local com você?”

“Sim, isso mesmo. Sabe quanto tempo vai demorar?”

“Tenho um policial a pouco metros de sua localização. Há armas na casa?”

“Não.”

“Pode ficar no telefone comigo?”

“Não. Até mais, obrigada”

A policial, após desligar o telefone, verificou que no endereço já havia sido registrado outros casos de violência doméstica.
Quando os policiais chegaram na casa, descobriram que a mulher havia sido agredida violentamente pelo namorado, que estava bêbado.

Depois do incidente, a policial falou: “acho que ela foi muito esperta em usar este truque. Definitivamente foi uma das ligações mais memoráveis”. Fonte.

Gislaine Lima
Se fosse aqui no Brasil a polícia tinha desligado na cara haha
Humor / Por: Gislaine Lima às 06:10
out
24
2014

Humor / Por: Gislaine Lima às 04:10
out
24
2014

William Waack acabou lendo o texto que era de Cristiane Pelajo no Jornal da Globo de 23/10. Ela reclamou dizendo que o texto era dela e ele pediu desculpas.

“sou eu fdp, para de roubar meu texto viado”

“desculpa cris”

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Gislaine Lima
essa tv globo tá mto ousada...
Humor / Por: Gislaine Lima às 03:10
out
23
2014

O francês Olivier Teboul mudou-se para Belo Horizonte há um pouco mais de um ano. Desde então, peculiaridades culturais e linguísticas têm chamado a sua atenção e, de uma forma muito divertida, ele listou em 65 itens em seu blog. Confira:

Olivier Teboul

Aqui são umas das minhas observações, às vezes um pouco exageradas, sobre o Brasil. Nada sério…

1. Aqui no Brasil, tudo se organiza em fila: fila para pagar, fila para pedir, fila para entrar, fila para sair e fila para esperar a próxima fila. E duas pessoas ja bastam para constituir uma fila.

2. Aqui no Brasil, o ano começa “depois do Carnaval”.

3. Aqui no Brasil, não se pode tocar a comida com as mãos. No MacDonalds, hamburger se come dentro de um guardanapo. Toda mesa de bar, restaurante ou lanchonete tem um distribuidor de guardanapos e de palitos. Mas esses guardanapos são quase de plastico, nada de suave ou agradável. O objetivo não é de limpar suas mãos ou sua boca mas é de pegar a comida com as mãos sem deixar papel nem na comida nem nas mãos.

4. Aqui no Brasil tudo é gay (ou ‘viado’). Beber chá: é gay. Pedir um coca zero: é gay. Jogar vólei: é gay. Beber vinho: é gay. Não gostar de futebol: é gay. Ser francês: é gay, ser gaúcho: gay, ser mineiro: gay. Prestar atenção em como se vestir: é gay. Não falar que algo é gay: também é gay.

5. Aqui no Brasil, os homens não sabem fazer nada das tarefas do dia a dia: não sabem faxinar, nem usar uma maquina de lavar. Não sabem cozinhar, nem a nível de sobrevivência: fazer arroz ou massa. Não podem consertar um botão de camisa. Também não sabem coisas que estão consideradas fora como extremamente masculinas como trocar uma roda de carro. Fui realmente criado em outro mundo…

6. Aqui no Brasil, sinais exteriores de riqueza são muito comuns: carros importados, restaurantes caríssimos em bairros chiques, clubes seletivos cujos cotas atingem valores estratosféricas.

7. Aqui no Brasil, os casais sentam um do lado do outro nos bares e restaurantes como se eles estivessem dentro de um carro.

8. Aqui no Brasil, os homens se vestem mal em geral ou seja não ligam. Sapatos para correr se usam no dia a dia, sair de short, chinelos e camisetas qualquer é comum. Comum também é sair de roupas de esportes, mas sem a intenção de praticar esporte. Se vestir bem também é meio gay.

9. Aqui no Brasil, o cliente não pede cerveja para o garçon, o garçon traz a cerveja de qualquer jeito.

10. Aqui no Brasil, todo mundo torce para um time, de perto ou de longe.

Gislaine Lima
o bônus foi o garçon que trouxe sem ser pedido
Vídeos / Por: Gislaine Lima às 11:10
out
22
2014

Não sei quem me surpreende mais, os russos ou os asiáticos. Mas se for para escolher um método de desencravar a unha do pé, eu escolho os asiáticos. Não sei como os russos desencravam, mas com certeza tem sangue na parada. hauahuahaau

Gislaine Lima
Coloca o bagulho na unha, poe o pé na água e depois seca. Curti
Página 1 de 7951234...795