INSÔÔNIA.com
Aconteceu Comigo #29
jan
14
2013

Final de ano do primeiro ano de faculdade, aquele monte de trabalho e provas, apareceu uma festinha. Minha amiga loira nos chamou para ir na sua festa surpresa de aniversário. É, ela tinha descoberto e resolveu nos chamar. Como só ela tinha “carro” (estava batido o coitado, parte fundamental da história), neste dia ela foi para a aula com o carro para garantir a nossa presença.

A aula terminou e fomos todas para a sua festinha “surprise”. Ela nos deixou na esquina da sua casa e entramos na festa. Era uma mega festa, cheia de gente, música alta, balada completa. Minutos depois, a minha amiga chegou com aquela cara de surpresa e fomos nos divertir.

Às 2 da manhã, a festa bombando, eu super me divertindo, uma outra amiga pediu a aniversariante para levá-la embora. Tinha que trabalhar cedo. Deixei meu celular carregando na festa e eu, meu marido (namorado na época) e uma colega de sala fomos acompanhá-las. Essa amiga que ia trabalhar cedo, morava la na pqp e não podiámos deixar a aniversariante ir sozinha. Combinamos de ir rapidinho e voltar para a festa. Afinal, nem tinhámos cantado parabéns ainda.

Quase chegando na casa da menina, passamos num mega buraco e o carro arriou. A batida mais o buraco fizeram o pneu furar. Blz. Abrimos o porta malas e cadê o macaco??? CADÊ O MACACO??? Começa agora a noite do terror.

No meio do nada, depois de um tempo, por milagre divino, passou um carro e pedimos ajuda. O motorista, com boa vontade, emprestou o macaco, erguemos o carro, mas quem disse que conseguimos trocar o pneu?? A droga da roda estava torta e o pneu não saía. Nem com a força total de 2 homens alí tentando tirar esse maldito.

Sem opção, empurramos o carro até o posto mais próximo (no meio do nada ainda) para tentar tirar o pneu. Detalhe: eu ruiva, a aniversariante loira e a outra amiga morena, super bem produzidas para festa surpresa, maquiadas, de saltos, decotes e saias curtas empurrando um carro altas horas da madrugada. Outro detalhe: a menina que demos carona, foi embora para sua casa a pé e nem se importou com o acontecido. ¬¬

No caminho, veio homem de tudo quanto é lado oferecendo ajuda e nada da roda sair. Minha amiga morena desesperada pq tinha dado um perdido no namorado e na mãe dela, a aniversariante se lamentando da festa e eu e o meu namorado pensando no que fazer… O único celular com crédito (vida de univeritário é f#da) era o meu que ficou la na festa carregando e amigo nenhum atendia a droga da ligação a cobrar. (vida de univeritário é f#da 2).

Às 4 da manhã uma boa alma apareceu e conseguiu tirar o pneu. Tudo isso a caminho do posto “mais próximo”. Meu namorado trocou o pneu na boa e o cara foi embora, não sem antes dar uma cantada nas minhas amigas, claro. Na esperança de ainda tudo dar certo ligamos o carro e… a roda não rodava. AAAAAAAAAAAA, A RODA NÃO RODAVA.

Desespero total. Sem ter como ligar para ninguém no fim do mundo e agora para piorar: a roda não roda. E não parava de aparecer nego para dar palpite. Isso já era quase 5 horas da manhã. Desesperadas, não teve outro jeito, a amiga morena decidiu ligar a cobrar para o namorado dela, que por sua vez, deu maior bronca nela. Claro, 5 da matina, a cobrar ela liga: te dei um perdido, vem me salvar? kkkkkkk

Logo em seguida, chega um carinha que, embriagado pela beleza da minha amiga, empresta o estepe dele para voltarmos para casa e dormir, a festa já era.

Ligamos o carro todos esperançosos e nada da roda rodar. Nisso, a morena dando a luz pq além de brigar com o namorado, tinha que chegar em casa antes da mãe voltar do trabalho, a loira chateadérrima pq ficou sem parabéns e eu e meu namorado querendo ir para casa.

Como minha situação era a mais tranquila, minhas amigas resolveram pegar um ônibus e ir pedir socorro (já era de manhã e circulava ônibus nesse fim de mundo). Eu e meu namorado ficamos no carro. Nisso, o sol já estava nascendo… Entrei no carro me deu uma crise de choro que nem Deus me acalmava. Um medo de ser assaltada, estuprada, sequestrada…sei lá, o lugar era muito bizarro.

Quando começo a me acalmar, alguem bate no vidro… Levei um susto, mas para a minha surpresa, era o namorado que minha amiga tinha dado um perdido. Ele ficou puto mas foi nos salvar. Contamos que ela tinha ido embora com medo da mãe, mas mesmo assim ele nos ajudou. Trocou o pneu estepe emprestado pelo estepe do carro dele e o carro começou a funcionar.

Na época, nem eu nem meu marido dirigíamos. Chamamos a aniversariante para voltar que o carro estava ok e ela voltou. Às 10 da manhã, pertinho de casa, fomos fazer uma curva e o carro entortou de vez. Mas aí, estávamos do lado do mecânico e ele deu um jeitinho.

Chegamos na casa da aniversariante meio dia. A mãe dela disse que todo mundo tinha ido embora mas que tinha sido a melhor festa do ano.  A festança rolando e nós 4 perdidos no meio do nada com o carro estourado. A aniversariante ficou sem parabéns, minha amiga foi trabalhar no outro dia, a mãe da morena nem sabe que ela deu o perdido, o namorado perdoou e eu e meu namorado nos casamos! No fim, quase tudo deu certo! 😀

Envie também a sua história (ou a do seu amigo): [email protected]
Envie também a sua história (ou a do seu amigo): [email protected]
anuncie

Blizhost hospedagem de sites
Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário