INSÔÔNIA.com
O melhor jogo online
set
20
2017

aconteceu comigo

Olá pessoal do insoonia, quero compartilhar com os leitores do site uma história que aconteceu comigo em 2012 – O show de rock mais louco da minha vida!

Os nomes que eu uso são fictícios pra preservar os envolvidos, a não ser a “Vanessão” que é um apelido real. Podem me chamar de “Filipe”, na época eu era baterista numa banda de rock com seis integrantes de um amigo meu que vou chamar de “Jackson”, sai da banda ainda em 2012 quando passei num bom concurso de direito e vim morar no Pernambuco aonde estou até hoje. Éramos de Santa Catarina e a banda do Jackson segue até hoje, mas sem fazer sucesso, apenas a boa e velha junção de amigos na garagem. Chegamos a viajar até para São Paulo para algumas apresentações.

Aquela loucura, eu só vivia pra estudar, trabalhar, beber, fazer sexo quando dava e compor música. Era um advogado com cabelos compridos headbanger que só defendia causas simples como briga de baile, fiança e coisas do tipo pra ganhar uma grana extra, eu trabalhava mesmo era numa loja de departamentos na sessão de instrumentos musicais. Além da bateria toco violão.

Num belo dia, chegou uma mina muito massa cheia de tatuagens na loja e queria comprar um violão, atendi na maior tranquilidade e ela me reconheceu como baterista do Jackson. Foi massa, vendi o violão e dei um autógrafo, fiquei todo bobo, porque a banda não fazia sucesso nenhum e de quebra convidei ela pra uma festa underground que a gente ia fazer um som, beber até cair e fumar um narguilé. Ela se chamava “Juliana”.

Antes de ir pra festa tocar e encontrar a gata, estávamos ensaiando na minha casa e o Jackson me disse que tinha pedido em namoro a “Karina”, uma garota da hora que ele tinha conhecido, mas que ela viu ele com outra na festa passada. Pura sacanagem com a guria.

Mas até aí tudo bem. A noite a gente foi, perto das onze, pro local do show e ficamos de boa bebendo e fumando com o pessoal, nisso eu vejo a Juliana (a mina que conheci na loja) com mais duas amigas, uma do cabelo vermelho e a outra de cabelo azul cheia de tatuagem, gata pra caralho! O Jackson me cutuca e diz que a mina de cabelo azul, era a Karina, a tal moça que ele pediu em namoro e traiu antes dela aceitar.

Papo vai e papo vem, todos na maior loucura, bebendo e fumando narguilé pra caralho, rock pesado na caixa e a gente ali. O Jackson cheirava pó e já estava alucinadão, nisso ele foi conversar com a Karina, e eu fiquei conversando com as outras duas.  A mina de cabelo vermelho (a Vanessa), eu notei que ela tinha gogó… conversando ali ela me falou que era travesti, eu falei que não curtia e ficamos de boa só bebendo juntos.

Daí a Vanessa que nessas alturas já tinha virado Vanessão, sério ela mesmo disse que podia chama-la assim, me diz que estava a fim do Jackson…. eu pra não deixar um amigo na mão, já fui dizendo que o Jackson não curtia, mas pra gente era de boas, todo mundo respeitava e podia participar do nosso clubinho de amigos sempre.

Algum tempo conversando com a Juliana, a gente começou  a se pegar, gostosa pra caralho, piercing na língua e ainda dizendo que tinha um escondido ( ͡° ͜ ʖ ͡° ). O Jackson chapado ficou o tempo todo tentando ficar com a Karina, mas ela ficou fazendo jogo, e o Jackson começou a chapar mais ainda, nisso a Karina começou a encostar em mim e disse que estava com ciúmes e que queria me pegar também. Porra, a Juliana do meu lado, fiquei sem jeito e ela ainda me solta uma pérola “nossa eu quero uma casquinha também Juliana” e pisca o olho pra amiga. Senti a malícia na hora.

A Karina estava jogando com o Jackson para se vingar, sacas? Nisso a Vanessão foi pro lado dele e os dois começaram a dançar juntos, tipo, a Vanessão era bonita pra caralho, ninguém diz que ela é homem, ninguém reparou, a não ser pelo gogó escondido por um colar no pescoço…

Daí eu segui ali com a Juliana e o Jackson em cima da Karina e dando bola para Vanessão. Daí outras bandas já tinham subido no palco, a gente dançando e quando eu vejo o Jackson estava cheirando com a Vanessão… tá… vai dar merda… eu pensei…

Depois de um tempo o Jackson cola em mim e diz pra eu levar ele embora com a Vanessão, eu só disse “tu tá ligado né irmão?”, ele falou “tô, tô sim e muito” (na verdade ele entendeu “tu tá chapado né irmão”, entendeu tudo errado).

Fiquei grilado e surpreso, mas já que ele quer, então tá né. Saímos nos 4 da festa em seguida. Eu e a Juliana no banco da frente numa marajó 87 e o Jackson e a Vanessão no banco de trás se pegando muito louco no meio dos instrumentos, um por cima do outro entre banco e porta-malas!!! Caralho…. eu pensei comigo. E a Juliana só mandando mensagem no celular pra Karina.

Daí o Jackson pediu pra eu deixar ele no motel, parei na frente e desceram os dois, a Vanessão piscou pra gente e foi pro quarto com meu amigo.

A Juliana em seguida vai e me diz na lata: “Vamos buscar a Karina e fazer um menage nós 3?”. Caralho, que loucura meu, era um motel barato desses só com uma cama e espelho do lado ao invés no teto. Mas é claro que eu topei.

Dai ela ligou pra Karina e marcaram um esquema nós três. Eu bem feliz mal podia me controlar e já fui beijando a Juliana. Buscamos a Karina na festa e voltamos pro motel, nisso começou a chegar um monte de mensagem e foto no celular da Karina, da Vanessão literalmente “carcando” o Jackson!!! Kkkkkkk

PQP! Eu ri demais daquilo. Imagina a situação, o Jackson traiu a Karina e a Karina com um monte de foto do Jackson transando com um travesti? A vingança feminina é fatal, meus caros. kkkkkkk

Resumo da história: fiz meu primeiro ménage com duas gostosas enquanto em um dos outros quartos o Jackson estava transando que nem louco com a Vanessão. O assunto correu entre os amigos e o Jackson na maior naturalidade assumiu e disse que foi até bom – na verdade todo mundo achava que ele tinha sido ativo, mas apenas nós três e a Vanessão sabemos que não. Mas claro, isso se a Karina não contou pra ninguém. kkkkkk

E detalhe, o Jackson não sabe que eu transei com a Karina. Na verdade eu tive um caso quente com as duas pelos próximos 6 meses, íamos para o motel nós três quase toda a semana, daí veio o resultado do concurso que passei. Ninguém acreditava que eu conseguiria passar em alguma coisa na vida por conta da vida que eu levava, mas eu estudava bastante e consegui. A família já achava um milagre eu ter me formado numa faculdade depois de longos sete anos e meio.

E o pior de tudo é que eu estava apaixonado pelas duas. Sério! Que dupla!!! Mas não teve outro jeito, passei no concurso e tive que ir embora. Fiquei triste pra caramba de terminar com elas, até convidei elas para virem embora comigo para o Pernambuco (olha as ideias kkk), mas a Karina tinha filho e a família dela não sabia da relação a três e nem a da Juliana.

Cortei meus cabelos, parei de beber e de fumar narguilé, escondi as tatuagens debaixo de uma camisa social terno e gravata e hoje sou pernambucano fazendo a vida em terras estranhas, cheio de histórias pra contar. Ainda converso com o Jackson e quando vou a Santa Catarina sempre rola um som pra relembrar os velhos tempos.

Bons tempos!!

– Anônimo

 

Envie também a sua história! [email protected]

Ei Karina me manda as fotos
Ei Karina me manda as fotos
beijo na bunda e até segunda!
beijo na bunda e até segunda!
set
17
2017
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 17:35

Helen Fernandes é a baiana de 26 anos que abriu um estúdio, recentemente, em Salvador e está fazendo sucesso com suas tatuagens malfeitas. A jovem não sabe desenhar, porém ela criou uma proposta, digamos, bastante sincera. E seu estilo de tatuar está fazendo tanto sucesso, que ganhou o apelido de Tatuadora Malfeitona!

Confira algumas de suas obras:

tatuagens malfeitas

tatuagens malfeitas

tatuagens malfeitas

tatuagens malfeitas

tatuagens planetas

tatuagens malfeitas

tatuagens malfeitas

tatuagens malfeitas

tatuagens mal feitas

tatuagens mal feitas

tatuagens mal feitas

 

Não acredita? Assiste aí!

Quer mais? Instagram da malfeitona: @malfeitona

Você faria alguma?
Você faria alguma?
Página 1 de 1.4231234...1.423