Quem já dançou Melbourne Shuffle? | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Quem já dançou Melbourne Shuffle?
maio
20
2009
Curiosidades, Vídeos / Por: Gislaine Lima ás 21:25

Melbourne shuflle é um estilo de dança, originado em meados de 1980 nas periferias de Melbourne. O movimento básico nesta dança é o “running man” no qual parece que o dançarino está deslizando rapidamente pela superfície, e mexem o braço em movimentos aleatórios, dançado com vários estilos de música eletrônica, que geralmente variam de 140 a 160 bpm.


Histórico

O Melbourne Shuffle é uma de várias danças que surgiram durante o século XX, por volta de 1980. Embora a origem exata do estilo seja da população australiana, ela não se assemelha com estilos anteriores de jazz dance.

O inicio
O Melbourne Shuffle começa a Emergir como uma notável dança, incorporando mais movimentos do que os estilos anteriores. Tal dança distinta, o verdadeiro Melbourne Shuffle, foi visto pela primeira vez na noite do dia 31 de agosto 1991, no Sarah Sands Hotel em Melbourne. Desde então, a música Techno foi gradualmente substituída por música hard trance, house music e assim o Hardstyle, estilo de música cultuado por quem dança o Melbourne Shuffle.

Fim dos anos 90
Alguns dançarinos colocavam talco no chão e sob seus pés para ajudá-los a deslizar com mais facilidade, incluindo algumas rodadas de 360 º (conhecidos como spins) ou saltos em suas jogadas, surgindo então, algo parecido com o Melbourne Shuffle atual. Recentemente, os dançarinos usam seu próprio estilo de calças com vários detalhes (mais conhecido como Phat Pants, uma calça semelhante as calças pantalonas ou boca de sino, com detalhes coloridos, fluorescentes e/ou fosforecentes), blusas, camisetas e outros, apropriados para treinar a dança e também aplicam seu estilo nos passos, fazendo, assim, com que se tornem muito mais autêntico.

No Brasil

Começou a ser praticado no Brasil entre Agosto e Outubro de 2007. Atualmente, os shufflers brasileiros aprendem os passos por meio de vídeos explicativos (tutoriais, o mais acessado é o do australiano Big Milan), por ‘compilations’ (termo usado para definir um vídeo no qual existem trechos de dançarinos praticando o Melbourne Shuffle) no site YouTube e, pessoalmente, em encontros de vários dançarinos, chamado de ‘Meet Up’. Big Milan foi um dos principais ‘responsáveis’ pela introdução da dança no Brasil. Em Janeiro foi postado o primeiro tutorial brasileiro de Melbourne Shuffle, criado por Pedro Pinn, também dono da primeira comunidade do site de relacionamento Orkut. Depois de alguns meses, o mesmo deletou a comunidade.

O Melbourne Shuffle brasileiro no exterior

As críticas
O Brasil já foi criticado por alguns dançarinos estrangeiros em fóruns, por meio de vídeos, e-mails e outros. A crítica mais popular e pública existente até hoje foi um vídeo do australiano Big Milan, criticando os brasileiros por ‘mudar’ o nome da dança. Porque desse vídeo? Por dois motivos básicos.

O Primeiro
Vídeos no YouTube com o nome ‘Brazilian Shuffle’, ‘Underground Shuffle’,’Luu Fee’ entre outros nomes, dando a ideia de que a dança seria brasileira e estariam tirando os créditos dos australianos, os verdadeiros criadores da dança.

O Segundo
Pessoas dançando ‘rebolation’ (um outro estilo de dança, originada no Brasil) misturado com o Melbourne Shuffle, gravando e postando tais vídeos no YouTube. O maior problema disso, não é misturar uma dança com outra. O problema é que os dançarinos dos vídeos, na maioria das vezes, faziam os passos totalmente errados e colocavam no nome do vídeo como sendo Melbourne Shuffle, deturpando, assim, a imagem do Melbourne Shuffle tanto no Brasil quanto no Exterior.

O Melbourne Shuffle Brasileiro
Entre Agosto e Outubro de 2007, os shufflers tinham ideia de deixar ‘privatizada’ a dança, por terem medo de divulgar a mesma e tornar-se ‘moda’, como é o Rebolation. Mas, o que justamente eles não queriam estava acontecendo, mas de uma maneira errada. Pessoas mudando o nome da dança, fazendo movimentos errados e corrompendo nossa imagem para com o Exterior. Entre escolher continuar nesta situação ou divulgar a dança de uma maneira certa, explicando o que ela é, de onde veio, como veio, ficaram com a segunda opção. E, realmente, tomaram a atitude certa.

O Hardstyle

Hardstyle é um estilo de musica, com batidas de 140 a 160 bpm. Melbourne Shuffle está fortemente ligado ao Hardstyle, porém, isso não quer dizer que pessoas “dancem Hardstyle”. As pessoas dançam Melbourne Shuffle usando o estilo de música Hardstyle. O Melbourne Shuffle é ligado ao hardstyle, mais o Hardstyle não é ligado ao Melbourne Shuffle, ou seja os Dj’s e Produtores de Hardstyle não precisa exclusivamente do Melbourne Shuffle para fazer a sua musica, agora o Melbourne Shuffle ficaria desfocado sem o Hardstyle atualmente, mais a dança não deixaria de existir sem o hardstyle.

Midia

Exterior
O Melbourne Shuffle manteve-se relativamente ‘underground’ desde o sua criação, no fim dos anos 80. O termo “Melbourne shuffle” foi apresentado na mídia quando Rupert Keiller foi entrevistado pela primeira vez, no programa ‘Uma Noite Todas as Músicas’ da TV australiana. O entrevistador perguntou o que Rupert tinha como seu estilo único de dança e a resposta foi “Melbourne Shuffle”. Em dezembro de 2002 , The Age, um jornal australiano, citou o termo na primeira página de um artigo, na tentativa de ilustrar para o público o que era o popular Melbourne Shuffle. O Melbourne Shuffle se espalhou, também, pela a Malásia e lá inclusive ocorrem ‘Competições de Melbourne Shuffle’. Os dançarinos domaram a sua arte e, de forma auto-expressiva, se tornou uma dança com um estilo exterior (praticada em praças públicas, em casa, na rua, shoppings, etc.) e é, regularmente, vista em raves de vários países, como: Reino Unido, Alemanha, Malásia e também da Tailândia, onde os shufflers podem ser vistos dançando nas praias de Koh Phang Ngan durante o Full Moon Beach. A Internet também tem sido um meio de muita importância para o conhecimento e interesse de novos dançarinos. Um documentário sobre o tema intitulado Melbourne Shuffler, foi produzido em 2004-2005 e foi lançado em DVD no final de 2005.


Alguns vídeos

Gislaine Lima
estilo de dança, melbourme shuffle, Melbourne Shuffle brasileiro, música eletrônica, running man
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016