As 10 melhores sagas do cinema | Blog Insôônia
O melhor jogo online
As 10 melhores sagas do cinema
abr
13
2009
Sem categoria / Por: Gislaine Lima ás 15:52

Fonte: MDig

Às vezes duas horas não são o bastante para contar uma história, por isso o cinema inventou as continuações, parte II e até vigésima terceira parte. Neste tópico você verá aquelas, que segundo a nossa opinião, são as melhores sagas do cinema, continuações que valem a pena serem vistas.

1.- Star Wars (6 filmes e o seriado The Clone Wars).

cinema_saga_01

Como nasceu?
Quando estreou o (agora) episódio IV, em 1977, George Lucas tinha algo mais para mostrar e já pensava em fazer vários filmes. Por isso, com uma galeria de efeitos especiais nunca vistos e com uma grande mitologia por trás das personagens, Lucas criou um mundo que não pôde ser projetado em apenas uma entrega.

Sinopse:
A primeira trilogia desenvolveu a história do jovem Luke Skywalker, um obscuro camponês de Tatooine que, por casualidade, se vê envolvido em um drama político-galáctico-familiar que tem como inimigo o Império, comandado por Lord Darth Vader e seu mestre, Lord Sidious. A segunda trilogia, iniciada em 1999 com o fatídico Episódio I, funciona como prequela, e narra a tragédia de Anakin Skywalker, um menino escravo do planeta Tatooine que é descoberto pelo mestre Jedi Qui-Gonn Jin, que sustenta que é o Jedi que voltará a trazer equilíbrio para “A Força”, mas que, como vemos nos episódios II e III, o amor, o medo e o desespero levam-no ao Lado Negro, onde se converte em Darth Vader.

Cena marcante:
Darth Vader dizendo a Luke que ele é seu pai no “Império Contra-Ataca”.

Continuação:
Voltar a ver Star Wars no cinema será bastante difícil, mas George Lucas assegurou que há muitas histórias para contar, por isso desde o ano passado é exibido no Cartoon Network a série animada Clone Wars (que contínua a história do Episódio II) e existe o projeto de fazer um seriado com atores reais, mas ainda não se sabe que parte do universo Star Wars narrará.

2.- Indiana Jones (4 filmes e o seriado O jovem Indiana Jones)

cinema_saga_02

Como nasceu?
O diretor de Tubarão, Steven Spielberg e o responsável por Star Wars, George Lucas, uniram seus cérebros para criar em 1982 um arqueólogo bastante particular, que pese a seu ilimitado intelecto, não temia manchar os punhos contra a cara de um Nazista, ou um cavaleiro imortal, ou quem se opunha entre ele e sua descoberta: O doutor Indiana Jones.

Sinopse:
Os filmes não guardam uma continuidade obrigatória. Salvo por alguns detalhes, podem até ser considerados obras independentes. Em todas elas, Indy deve lutar contra um inimigo (humano ou sobrenatural) para conseguir ou evitar que consigam algum tesouro com poderes paranormais, para salvar ao mundo e também para conseguir um reconhecimento como arqueólogo. Entre seus inimigos estavam os Nazistas, um sacerdote que tirava o coração de suas vítimas ainda batendo, e à União Soviética em tempos de Guerra Fria.

Cena marcante:
O sacerdote Mola Ram arrancando os corações de suas vítimas ainda com vida no Templo da Perdição.

Continuação:
Para ser honesto, todos nos demos conta que pese a sua boa vontade, Harrison Ford já não tem mais físico para esmurrar nazistas nem comunistas. Lucas e Spielberg também o notaram, por isso não descartam fazer algum novo filme com Shia LaBeouf, o filho de Indiana, como protagonista, e com Indy como mentor, ao estilo de Sean Connery na última cruzada.

3.- James Bond (22 filmes e a série animada James Bond Jr.)

cinema_saga_03

Como nasceu?
O agente 007 é uma criação do escritor inglês Ian Fleeming que, em 1952, publicou a novela Casino Royale. Dez anos depois, Sean Connery levaria ao cinema o agente do MI6 com o filme Dr. No, também baseada em um livro de Fleeming. O papel de Bond foi interpretado por seis atores, mas sem dúvida, Connery e Roger Moore são os mais recordados, tanto por suas atuações como pelos filmes onde personificaram o agente secreto. Atualmente, o ator sob a pele de 007 é Daniel Craig, que despertou o ódio de todos os fanáticos da saga por sua “falta de elegância”, até que em 2006 estreou Casino Royale, um filme na qual se mostra um Bond mais humano, e que por sua qualidade, fez com que as críticas se convertessem em elogios.

Sinopse:
James Bond é um agente 00 (categoria que lhe dá licença para matar) do MI6 a serviço da Rainha da Inglaterra. Suas aventuras destacam-se por ter inimigos de estranho humor com extrema vontade de dominar o mundo das mais diversas formas imagináveis. Nos últimos filmes, os vilões foram mais reais e palpáveis, como empresários, traficantes de armas, ditadores e até o próprio MI6. O senhor Bond tem a sorte (ou a desgraça) de que, em todas suas aventuras, há sempre uma bela mulher quase sempre para complicar mais ainda as coisas.

Cena marcante:
Bond sendo capturado e torturado pela primeira vez em sua enorme trajetória em “Um outro dia para morrer”.

Continuação:
Sabe-se que Daniel Craig voltará a ser Bond, possivelmente em 2011. Rumores levam a crer que o diretor da próxima parte ( número 23) será o ganhador do Oscar Danny Boyle, mas ainda não se sabe o nome nem o argumento do filme em questão.

4.- Exterminador do futuro (filmes e o seriado The Sarah Connor Chronicles)

cinema_saga_04

Como nasceu?
Em 1984 James Cameron era um desconhecidoo diretor responsável pelo bizarríssimo “O ataque das Piranhas Voadoras”. Por isso, quando o Exterminador estreiou nas salas de cinema do mundo, todos ficaram surpresos por sua excelente qualidade, apesar de seu baixissimo orçamento. A história do Exterminador do futuro é uma ideia que o autor Harlan Ellison desenvolveu em dois capítulos da série de ficação científica “Os limites externos” e sua similaridade com os filmes de Cameron é particularmente notável. Por isso, e depois de um longo julgamento por plágio, o diretor do filme teve que colocar o nome de Ellison nos créditos.

Sinopse:
No ano 2029, após escravizar à humanidade e dominar o planeta, máquinas da Skynet começam a perder a guerra em mãos de John Connor, um soldado da resistência humana. Para evitar esta derrota, as máquinas enviam ao passado o T-800, um cyborg assassino que buscará Sarah Connor, a mãe de John, para matá-la antes que o jovem rebelde sequer exista. Na segunda parte da saga, o T-800 é enviado ao passado para proteger o jovem Connor, já que as máquinas enviaram um T-1000, um cyborg de metal líquido quase indestrutível. O bom T-800 volta para a terceira parte, desta vez, para fazer que John Connor e Katherine Brewster se unam e formem, no futuro, a rebelião humana.

Cena marcante:
Arnold dizendo “Hasta la vista, baby”

Continuação:
Neste ano estreará a quarta parte da saga, Terminator Salvation, protagonizada por Christian Bale, e narrará a guerra das máquinas de 2029. Arnold Schwarzzenegger não participa diretamente do filme, mas rumores dão conta de que tenha emprestado seu rosto para a contrução de um modelo de silicone. Mostrarão o gênesis do T-800 que viaja ao passado?

5.- O Senhor dos Anéis (3 filmes)

cinema_saga_05

Como nasceu?
Entre 1954 e 1955 J.R.R. Tolkien publicou em três volumes que continuavam a história do Hobbit, sua novela de 1937. Nesta aventura épica narrava a história do Anel do Poder, um vil artefato criado por Sauron, o Senhor Escuro, para prender todas as raças de Terra Média sob seu olhar. Esta trilogia é considerada como uma das obras máximas da literatura do século XX, portanto, ninguém se atreveu a levar a história para o cinema, até que apareceu Peter Jackson, um insignicante diretor neozelandês que conseguiu uma fidelidade quase única entre os textos e o filme.

Sinopse:
A história conta as aventuras de Frodo e Sam, dois Hobbits que devem cruzar a Terra Média para chegar ao Monte do Destino e aí fundir o Anel do Poder para eliminar Sauron. Mas não vão sozinhos, já que a Sociedade do Anel, uma irmandade de nove homens de diferentes raças (humanos, elfos, anões), também fará o possível para que estes Hobbits cheguem com vida a cumprir sua tarefa. Mas o Anel é poderoso, e no meio da travessia não só deverão enfrentar os Nazgül, os espectros do Anel, senão que também a si mesmos contra a tentação de portar semelhante poder na mão.

Cena marcante:
O Rei Aragorn e todos Gondor ajoelhando aos pés dos quatro pequenos Hobbits.

Continuação:
Não seguirá adiante, porque a história do Anel termina na Volta do Rei, última parte da trilogia. Mas já se sabe que Guillermo del Touro dirigirá, sob a produção de Peter Jackson, uma versão cinematográfica dos Hobbit em modo de prequela. Segundo conta-se, o filme será dividido em duas partes onde aparecerão situações que não estão no livro.

6.- Harry Potter (5 filmes)

cinema_saga_06

Como nasceu?
A escocesa J.K. Rowling publicou Harry Potter e a Pedra Filosofal em 1997 sem imaginar o que viria. O livro foi o Best-seller do século, motivo pelo qual a autora decidiu continuar com as aventuras do jovem mago em sete ocasiões. E como não podia ser de outra forma, Harry Potter teve sua versão cinematográfica . Chris Colombus foi o encarregado de levar a história para o cinema em 2001, com um elenco de protagonistas estáveis que permaneceu em todas as partes (até agora 5 e contando) da saga.

Sinopse:
Harry é um pobre garoto órfão que vive sob as ordens ditatoriais de seus tios, os Dursley, até que em um dia, um gigante de barba negra lhe informa que ele é em realidade filho de dois célebres magos e que, por isso, deve estudar em Howarts, a escola secreta para magos. Ali conhecerá a Ron e Hermione, seus dois inseparáveis amigos, e com eles tentarão deter o malvado Lord Voldemort e os Comensais da morte. Nos primeiros filmes, Harry e seus amigos vivem perigos, mas não deixa de ser uma simples aventura. Depois da terceira entrega, seu tom torna-se mais obscuro e a morte começa a mostrar a sua cara de forma mais clara entre os jovens aprendizes de magia.

Cena marcante:
Os Dementores espreitando o trem de Howarts.

Continuação:
Ainda restam dois livros por adaptar. “O Príncipe Mestiço”, que estreará neste ano, e a última entrega, “As relíquias da morte”, que deverá ser rodada, dada a sua extensão, em duas partes: a primeira no final de 2010 e a última em meados de 2011.

7.- O Poderoso Chefão (3 filmes e o seriado The Godfather Saga)

cinema_saga_07

Como nasceu?
O Poderoso Chefão é a obra fundamental do escritor italiano Mario Puzo. Publicada em 1969, a novela não demorou em ser um Best-seller internacional que captou o olhar de todo o planeta. Um desses olhares era o de Francis Ford Coppola, que em 1972 levou para o cinema um dos filmes mais memoráveis da história do cinema que reuniu atores consagrados como Marlon Brando, A Pacino, Robert Duvall, Diane Keaton e um longo etcétera. Cabe esclarecer que as partes II e III do filme não foram baseadas em novelas de Puzo, mas o autor foi o encarregado de elaborar os roteiros.

Sinopse:
O Poderoso Chefão é uma saga familiar que narra a história da “famiglia” Corleone, comandada por Dom Vito, um dos cinco chefes da máfia de Nova Iorque, e a posterior ascensão de seu filho, Michael, ao comando dos Corleone. Traição, família, amor e morte reúnem-se nesta obra espetacular do cinema universal, um dos melhores filmes da história.

Cena marcante:
O produtor que amanheceu com a cabeça do cavalo em sua cama na primeira parte do filme.

Continuação:
A história da família Corleone acabou, mas seus personagens aparecem em várias das obras de Puzo. Por isso se alguém adaptasse ao cinema, por exemplo, a novela “O Siciliano”, poderíamos voltar a ver Michael Corleone na tela. Mas esta não deve ser considerada uma sequência, senão que mais uma história paralela à do O Poderoso Chefão.

8.- Rocky (6 filmes e uma série animada)

cinema_saga_08

Como nasceu?
Em 1976 um ator de 30 anos que só tinha aparecido em alguns papéis pequenos (inclusive em um filme pornô!) debutou à fama por um filme que seria seu debut como escritor e protagonista: Rocky. O filme foi um sucesso rotundo. Foi rodado em apenas 28 dias e com um orçamento de 1,1 milhão de dólares. No entanto, sua arrecadação foi de mais de 115 milhões de dólares só nos Estados Unidos. Também recebeu três Oscars (entre os quais se destaca o de Melhor Filme e Melhor Diretor). Até Sylverster Stallone foi nominado como melhor ator, pela primeira e última vez em sua carreira.

Sinopse:
Em Rocky, Sylvester Stallone encarnou um medíocre boxeador, mais próximo da aposentadoria do que da glória. Até que o campeão Apollo Creed, por uma jogada do destino, fica sem adversário para uma luta. E por acaso, elege Rocky, que treinará para vencer Apollo, para voltar ao ringue e, sobretudo, para juntar dinheiro e viver feliz para sempe junto a Adrianne. Stallone repetiu o papel mais cinco vezes. A última foi Rocky Balboa, de 2006, na qual o veterano ator de 60 anos volta a usar as luvas.

Cena marcante:
A morte de Apollo em Rocky IV.

Continuação:
Existe a possibilidade de que Sylvester Stallone retome o personagem de Rocky, mas não como boxeador, senão como treinador. De todas as formas, é só um rumor, já que Stallone está muito ocupado planejando uma nova sequência -no Brasil- de sua outra hiper-exitosa saga: Rambo.

9.- De volta para o Futuro (3 filmes e um série animada)

cinema_saga_09

Como nasceu?
Robert Zemeckis depois de dirigir os dois filmes de sucesso “Em Busca da Esmeralda Perdida”, juntou-se ao escritor de historietas Bob Gale, escreveram o roteiro de guião de “De volta para o Futuro”. O filme marcou como um antes e um depois na forma de fazer cinema, já que a história não era linear, senão que dependia do passado e do que nele acontecesse, por isso nos três filmes vemos várias vezes as mesmas situações com diferentes desenlaces.

Sinopse:
Marty McFly e seu amigo, o doutor Emmett Brown começam a experimentar com uma máquina do tempo instalada em um Delorean quando um grupo de Libios, dos quais o doutor roubou o plutônio para o capacitor de fluxo de seu invento, disparam sobre os protagonistas. O doutor é atingido por uma bala, enquanto Marty, por erro, viaja 30 anos ao passado, na época quando seus pais se conheceram. A partir daí, este jovem de 17 anos deverá encontrar o doutor desse tempo para voltar ao futuro, mas também deverá solucionar os conflitos que criou com sua estadía no passado… em especial com sua mãe.

Cena marcante:
Marty McFly tocando Johnny B. Gooda de Chuck Berry no baile de formatura de seus pais.

Continuação:
Existia uma possibilidade de uma quarta e quinta parte lá, por princípios dos 90, mas hoje em dia, com Michael Fox doente, as chances são remotas. Há alguns meses apareceu um rumor de que Bob Gale faria o roteiro para um novo filme, mas ele mesmo desmentiu.

10.- Alien (4 filmes e dois crossovers de Alien vs Predador)

cinema_saga_10

Como nasceu?
Em 1979 o novato diretor inglês Ridley Scott conseguiu unir dois gêneros cinematográficos de uma maneira irrepreensível. O terror e a ficção científica uniram-se, para fazer de Alien um filme de terror e claustrofóbico. Antes de Alien, Scott só tinha dirigido capítulos de séries de televisão e dois filmes que não conseguiram repercussão, mas depois sua carreira deu um salto com obras como Blade Runner, Thelma & Louise, e mais recentemente, Gladiador.

Sinopse:
Um grupo de astronautas viaja em um letargo induzido através do espaço até que um sinal de socorro é interceptado e a tripulação é acordada de seu sono para verificar o que pode ser um pedido de ajuda. Depois de muita discussão, os astronautas decidem aterrissar no planeta desconhecido, mas isso acaba sendo a porta de entrada para uma terrível e monstruosa criatura, que entra na nave como um parasita preso a cabeça de um dos tripulantes e passa a eliminar todos os membros da tripulação, um a um.

Cena marcante:
A tenente Ripley sacrificando-se em Alien 3.

Continuação:
Existe um rumor que diz que Alien V poderia ser possível, e que chegue às telas em 2011. O responsável pelo projeto seria James Cameron. Também Alien vs Predador poderia ter uma terceira parte.

Gislaine Lima
Alien, De volta para o Futuro, Exterminador do futuro, Harry Potter, Indiana Jones, James Bond, O Poderoso Chefão, O Senhor dos Anéis, Rocky, Saga do cinema, Star Wars
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016