Aconteceu Comigo [5] | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Aconteceu Comigo [5]
out
16
2008
Aconteceu Comigo* / Por: Gislaine Lima ás 16:57

Mais 3 histórias dos nossos leitores. LOOK!

  • A primeira história é da Ana Flávia, 18 anos, Caraguatatuba/SP

Bom, isso faz bastante tempo, eu deveria estar na sétima série, mas não esqueço nunca. Eu estava na aula de história (lembro que adorava meu professor), e o pessoal estava bagunçando demais, daí o professor falou:
_ Eu vou socar matéria em vocês.
Eu inocente disse:
_ Mete professor, mete que eu gosto.
ksaksaksaksaksaksaksakaskkasksakksakasksksaksakasksa…
Eu amava história. Pu… que o pariu. Que mico. Minha amiga me zoa até hoje…
Espero que nunca passem por isso pessoal. Pensem 2 vezes antes de falar, digo por experiencia própria.

  • 2º história enviada por Andréia Aparecida dos Santos, Belo Horizonte/MG

Era sábado, festa da minha prima de 18 anos, eu e minha amiga com 13 anos, não podiámos ir, motivo “um sonoro NÃO de mães”. Meu pai estava viajando a trabalho na época. A minha amiga Mariana ia dormir na minha casa, alugamos filmes de terror para assistir durante e noite.

Quando deu por volta de 1:30 da madruga a fome bateu e, então resolvemos pedir uma pizza… liguei do meu celular para não acordar minha familia… a atendente me disse que ia demorar por volta de 40 minutos pra chegar. Até aí Beleza! Terminamos de ver um filme e resolvemos esperar a pizza para vermos o outro. Já tinham se passado os 40 minutos, então resolvemos ir para o portão para esperar… trocamos de roupa e pulamos a janela do meu quarto para não ter que abrir a porta da sala, que é de correr, logo faria muito barulho, então pulamos a janela e saimos. Sentamos no portão de casa e deixamos o portão encostado, passou muito tempo e nada de pizza, então resolvemos ir até a esquina e nesse meio tempo meu pai chegou de viagem… ele entrou e bateu o portão. Quando voltamos que susto: E agora???

Eu pensei, vou tocar a campainha quando a pizza chegar e explicar… mas para minha surpresa a mulher da pizzaria ligou e disse que o motoqueiro tinha sofrido um acidente então não ia ter como fazer a entrega.

Fim da historia, minha mãe achou que nós tinhámos ido na festa escondido. Levei o maior bronca da minha vida e a minha amiga tb, Nunca mais a mãe dela deixou ela dormir na minha casa.

Hoje rachamos de rir.. mas na época nos sentimos injustiçadas. Fazer o que? Contra provas não há argumentos.

  • 3º história – enviada por Katia Marques, 19 anos, Sorocaba (interior de SP)

Uma vez eu e minha amiga Dri, estávamos voltando de uma balada e resolvemos passar em frente de outra balada, quando vimos um cara procurando algo… e procurava.. olhava e nada… Quando chegou um outro rapaz e perguntou:

_ Ei cara o que vc está procurando?
_ Eu perdi meu fumo, não consigo achar… foi mó difícil de achar ele e agora perdi de novo.
_ É… FUMO? maconha? – olhou meio espantado
_ É!
_ Hum… então vou te ajudar a procurar…
Depois de alguns instantes:
_ Ei brother, não é esse aqui não?
Ai o cara olhou e disse:
_ Não cara, esse eu ja peguei três vezes e não é. – e jogou o negocio no chão.
_Então melhor a gente tirar daqui se não a gente vai pegar de novo né. – o menino que estava ajudando a procurar pegou o negócio e jogou longe.
huhauhauhau Eu ri!

Conte-nos a sua história!

E-mail para envio: [email protected]

Não esqueça de se identificar.

Gislaine Lima
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016