INSÔÔNIA.com
Outra vez a religião…
fev
19
2013
Leitura da Noite / Por: Coruja ás 22:43

 

Opa, e aí corujas?

E não é que a religião dominou as conversas nos últimos dias? Primeiro foi a entrevista do Mala Faia na Marília Gabriela. Depois foi o Papa renunciando. Agora a Paula Fernandes dizendo ser espírita e um monte de gente protestando. Qual será a próxima?

Em uma entrevista no programa do João Dória (que muita gente nem lembra quem é muito menos sabe que ele tem um programa de entrevistas na Band) Paula Fernandes disser ser espírita e acreditar em mediundade, reencarnação, vida após a morte e etc e tal. Isso gerou uma série de protestos vindos das… Testemunhas de Jeová (!) na internet, que se disseram decepcionados com a cantora. Pra quem não sabe, a doutrina das Testemunhas de Jeová condena veementemente o espiritismo & derivados. Os protestos das Testemunhas de Jeová geraram um “contra-protesto”, de gente que talvez nem goste tanto assim da Paula Fernandes, mas aproveitou a situação para criar polêmica na internet.

Vamos lá: a Paula Fernandes tem o direito de seguir a religião que quiser, certo? Se ela quiser ser espírita, católica, evangélica, umbandista, budista, xintoísta, maoísta, beber o chá do Santo Daime, ateia, tanto faz. E como espírita ela tem também todo o direito de usar o conteúdo espirita para compor suas canções se quiser, certo? Assim como vemos a influência cristã por quase todos os lados no Brasil. Há algo que proíbe alguém de se deixar influenciar pela própria religião para criar algo? Não, até onde eu saiba. Se eu me incomodo com conteúdo espírita em músicas simplesmente deixo de ouvir.

E as Testemunhas de Jeová também tem o direito de criticar o espiritismo e até de se negar a ouvir as músicas da Paula Fernandes, se eles quiserem. Assim como eles tem o direito de condenarem o que acharem que devem condenar de acordo com a fé que eles escolheram seguir. A religião deles condena o espiritismo, e quem sou eu para dizer se eles estão errados ou certos? Não sou, nunca fui testemunha de Jeová  nem nunca sequer entrei em um dos “Salões do Reino”. Que direito eu tenho de criticar a religião dos outros? Em mim o espiritismo não incomoda nada, mas em uma testemunha de Jeová sim.

A Paula Fernandes tem o direito de seguir a religião que quiser e as Testemunha de Jeová tem o direito de criticar a religião que quiserem, desde que o direito de um não interfira no direito do outro. Isso se chama democracia e liberdade de expressão. Pipocaram na internet pessoas que só sabem que as testemunhas de Jeová existem porque elas batem na porta da casa do povo todo domingo (no meu bairro é todo sábado e todo domingo), e agora se puseram a criticar uma religião que muita gente nem lembrava que existe. Será tão difícil respeitar a crença dos outros? Pelo amor de Deus. Ou de Jeová, sei lá! rs

Mais amor, por favor! rs

@WesleyTalaveira

A propósito: vocês tem um minutinho pra falar sobre o Reino?
A propósito: vocês tem um minutinho pra falar sobre o Reino?
anuncie

Blizhost hospedagem de sites
Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário