INSÔÔNIA.com
Os controles de vídeo game mais esquisitos do mundo
fev
26
2019
Curiosidades / Por: Marcelo ás 13:33

Os Joysticks mais bizarros que existiram.

1- AMIGA CD32

Vamos começar com este precursor ergonomicamente pensado para você usar o controle do PlayStation de cabeça para baixo.

Com certeza existem pedaços de plástico mais bonitos e úteis flutuando no Pacífico, mas você já tentou usar esse controle?

Considerando os números de vendas, a resposta é certamente não.

A peça é desconcertantemente leve, e tem uma qualidade de construção bem abaixo do esperado.

Ah, e ele tem ainda um d-pad de borracha opcional (leia-se desnecessário) para colocar sobre os mamilos direcionais.

Um detalhe é que entre todos os botões do controle, a grande maioria dos jogos portados para a máquina usava apenas o grande vermelho.

controles

2- Atari Jaguar

Difícil entender qual era o objetivo da Atari em criar um controle enooorme e com um teclado numérico.

Certamente é algum tipo de telefone para pedir pizza delivery durante os jogos.

controles

3- O Slime jogável para Dragon Quest

Slime é o mascote da franquia Dragon Quest, da Square Enix, e, sem dúvida, seu personagem mais popular.

Sabendo disso, a Hori (uma das líderes mundiais em acessórios para games) criou o estranho DualShock para PS2, totalmente funcional e que alegrou bastante os fãs.

Porém por ser tão redondo, os jogadores derrubavam com facilidade o controle e relataram desconforto ao usá-lo por muito tempo.

controles

4- Phillips CD-i

Difícil entender o que este desastroso modelo de controle faz.

Acredito que seja para rastrear ouro, fazer massagem nas costas ou escanear cachorros de rua.

Seja lá qual for a finalidade acabou não vingando pois o console saiu de linha logo após ter sido lançado.

controles

5- Gamepad Intel Wireless Series

Baseado nos atuais suportes de pescoço para viagens de avião.

No entanto fica difícil relaxar ou pegar uma folga com um controle que não emplacou positivamente o público.

controles

6- Power Glove Mattel

Além de ostentar todos os botões do controle normal (localizados convenientemente no seu antebraço), você também pode controlar a ação na tela com gestos desajeitados.

Ah, este controle também tinha os amados botões numéricos.

Com péssimas vendas e apenas dois jogos em seu nome, a Power Glove inspiraria controladores de jogos terríveis por décadas.

Certamente médicos proctologistas e a industria pornográfica encontrarão maneiras bem mais úteis e criativas para usar esta luva.

controles

7- O controle de NES para jogar com a boca

Apesar de estranho, este controle foi criado por uma ótima causa.

Desenvolvido pela própria Nintendo para o NES, o controle Hands Free era uma solução para jogadores portadores de necessidades especiais.

Possuia um colete e um stick especial para o queixo, que controlava o direcional, e um inusitado canudinho: soprar ativava o botão A, e sugar ativava o botão B.

Porém, mesmo ter sido criado com uma boa intenção, o controle não foi muito aceito pelos gamers usuários.

controles

8 – O joystick em tamanho real de um teclado para o GameCube

Se você acha que o gamepad do Wii U é grande demais, é porque você não conheceu este enorme controle com teclado QWERTY integrado que a Sammy inventou para o GameCube.

Sua principal função era tornar mais prática a comunicação em jogos como Phantasy Star Online.

Pesado, o teclado usava dois dos quatro plugues para controles do console para funcionar, e nunca foi vendido oficialmente fora do Japão.

9- O bumerangue do PlayStation 3

Quando a Sony apresentou pela primeira vez ao público o seu PS3, o console incluía este prateado e curvado controle.

Apesar do visual futurista, o formato e a disposição angulada dos botões fez com que o controle fosse considerado desajeitado e a reação dos gamers foi extremamente negativa.

Então a Sony decidiu melhorar o design do Dualshock, tornando-o sem fio, com L2 e R2 analógicos e com controle de movimentos.

controles
Aprovados pelos engenheiros da Vale
Aprovados pelos engenheiros da Vale
anuncie

Blizhost hospedagem de sites
Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário