INSÔÔNIA.com
nov
05
2008

3 novas histórias do leitor! Se são verdades, só Deus sabe…

1ª História

Bem, meu namorado diz que TUDO acontece comigo. O que é verdade. Então resolvi escrever o que houve:
Estávamos no cinema nos acomodando naquelas cadeiras largas e confortáveis que só faltam nos massagear. De repende senta um cidadão atrás de mim e começa a conversar com sua amiga, namorada, prima, mãe, sei lá quem era aquela ‘moça’. Faço aquele tradicional “Psiiiu!” prolongado, em alto e bom som para tentar lembrá-los que o filme começou e deviam calar a boca. Meu namorado quis entrar por baixo da cadeira dizendo que estava morrendo de vergonha e que eu era maluca. Eu disse que malucos eram eles que iam ao cinema p/ conversar. Fui respeitada pois passaram a falar menos.

Depois o infeliz começa a ‘fungar’ o nariz (putz, que nojo!). Mas para isto eu nada poderia fazer. Pensei em comprar um Sorine p/ ele mas talvez gostasse muito da idéia. E meu namorado falando: “Calma, amor. Calma”… E para finalizar coloca os pés (isso mesmo: os DOIS pés) em cima da MINHA cadeira. Um em cada lado da MINHA cabeça e começa a sacudí-los. Será que ele era tão grande assim que não cabia na cadeira??? Dei uma olhada básica para trás e o mané se mancou, retirando aquele pé enorme da MINHA cadeira. Porra, e ainda tive que aturar meu namorado cochilando no final do filme. Quase tive uma síncope!

Enviada por Renata Feliciano

2ª História

Num certo dia la pelas 8:00 hrs minha mãe ficou me enchendo praa ir no mercado perto da minha casa. Cara, mas eu não queria ir de jeito nenhum tava ocupada no msn e tb não era o meu dia da sorte (sabe aqueles dias onde tudo de ruim acontece? Então…) Mas ai minha mãe me AMEAÇOU dizendo:

_ Se vc não for, nada de internet.

Ai eu fui né!! Não aguentava mais ela falando no meu ouvido. De começo tem uma rua movimentadíssima que eu precisava atravessar para ir no mercado e essa rua é uma bagunça pq o sinal foi mal colocado ai as pessoas não respeitam. Quase fui atropelada… Chinguei muito o motorista pq o sinal estava fechado. Aí quando cheguei na entrada do mercado, olhei e ele estava lotado. Pensei: Meu, só pode ser castigo o que que esse povo está fazendo no mercado uma hora dessas?! Mas não tinha como escapar lá fui eu no meio daquela multidão (tomei pisão no pé, empurrão, encoxada… ¬¬ Meu que raiva). Até conseguir chegar na fila do pão (pq era só isso q eu ia comprar). Detalhe a fila estava quilométrica. Quando chegou a minha vez eu pedi:

_ ME VÊ 6 PÃES – a anta da mulher me deu 2 (Meu olha a diferença de 6 pra 2). Então quando ela me deu o saquinho eu falei:

_ Moça eu pedi 6.

_ Não minha querida vc pediu dois.

Então eu falei de novo:

_ Não!! Eu pedi 6!!!

Então ela na maior mau vontade voltou lá e colocou 6 (pow se ela não entendeu pq ela não me perguntou de novo… ¬¬). Bom então eu fui para fila do caixa (detalhe: o caixa de 10 volumes estava feixado sendo que o mercado estava lotado). Bem, eu enfrentei outra filaa que só Deus sabe!! Quando chegou a minha vez um bendito de um garotinho fechou aquela portinha do caixa. Meu, a portinha não abria nem na base da porrada. Ai eu fiquei com mais raiva ainda !!!!!!!!! eu fiquei loucaaaaa!!!!!!!!!!! Peguei e pulei aquela merda. Do nada quado eu fui ver o mercado estava todo olhando pra mim. Dei um sorrizinho sem graça e falei:

_ Essa parada não queria abrir.

Depois dessa cena fui para casa e tive que atravessar a bendita rua d novo… Mas eu tesava com tanta raiva que atrevessei sem olhar (Não fui atropelada). Até aí tudo beleza… Indo pra minha casa e derrepende eu passo perto de uma casa um cachorro dá um pula no portão !!! Tomeu um baita susto… o saquinho de pão rasgou (saco vagabundo)!!! Meu, sinceramente eu falei na maior altura possivel:

_ CACHORRO FILHO DA P…

Aí a mulher atrás de mim pegou deu um impurrãozinho básico e a portinha abriu (NESSA HORA EU DERRETI!!!! DE MAIS RAIVA AINDA. EU TINHA FEITO AQUILO E NÃO ABRIU E EU TB TINHA PEDIDO AJUDA E NINGUÉM QUIS AJUDAR).

O pior é que naquele dia tinha chovido muito e os pães cairam na poça de agua!!! Fiquei sem açao olhando os pães no chão quando eu sinto alguém encostar no meu ombro quando vou ver é meu pai rindo da minha cara (¬¬) com outro saquinho de pão na mão…

Gente até hj tenho trauma de Mercado, Garotinho, Fila, Moça do pão, Cachorro, Poça de água, saquinho de pão… E da risada macabra do meu pai!!

FIM (ACHO Q JÁ SOFRI DEMAIS POR UM DIA!!)

Enviada por Maria Alice

3ª História

Olá a todos, bom aconteceu faz muito tempo atrás, eu tava indo pra escola nessa época a 4° série do ensino fundamental, e como costume eu e meus amigos éramos levados cada dia por uma das mães e por isso sempre estávamos em grupo.
Mas nesse dia eu querendo dar de grande fui na frente (uns dez metros na frente), ao virar a esquina topei com três garotos que corriam em direção contraria de mim (até ai normal) e acontesseu que estava passando em frente a um terreno baldio cercado por um muro e derrepente sai de trás do muro um bêbado com os olhos vermelhos de raiva… ele veio em minha direção e segurou nos meus ombros me levantou e começou a me xingar e me “chaqualhar ” (nesse momento já estava cagando nas calças e chorando muito) todo mundo parou e começou a olhar a cena: um moleque sendo chaqualhado no ar por um bêbado louco de raiva… por sorte chegou a mãe do meu amigo e fez o bêbado me soltar (até hoje tenho trauma disso) conclusão por causa de três moleques quase morri de infarto!!!!!!!!!

Enviado por José Moacir, 18 anos, Piedade/SP

4ª História

Bom oque aconteceu comigo foi o seguinte : Um belo dia, estava eu falando com uma pessoa no msn ai derrepente esqueço a webcam ligada e começo a me trocar no quarto do nada e nem me liguei que o menino estava vendo tudo. Depois ele deu um grito no msn que eu percebi… ele se matou de rir e eu morri de vergonha. Ele gravou tudo e mostrou para os amigos dele. Por uns 2 meses eu sofri com este episódio ridiculo da minha vida.

Enviada por Gabriela Pardini

5ª História (a mais cabulosa)

Isso aconteceu há uns 2 anos quando namorava uma mina de outra cidade. Era noite dos 50 centavos, eu e ela fomos na festa. Lá a cerveja custava 50 centavos a lata. Comprei 120 fichas e fomos bebendo depois que acabou a “festa” começou outra “festa”.
Nessa cidade tem uma praça que é totalmente escura não dá para ver nada… saí de lá com minha namorada e fomos pra praça conversar. Chegamos lá e conversamos?
Porra nenhuma… fomos trepar. Trepamos na praça!!! Tinha mais gente e foi aquela putaria toda…
No outro dia acordo pelado (detalhe: estava tão bebado que dormi com a camisinha no pau) no meio da praça e com meu celular colado com aquela cola de cano na minha cara despertando as 8 da manhã…
Me esforcei o máximo possível para ir pegar pelo menos a minha cueca no teto do coreto. Com um bambu eu consegui e depois fui pra casa dela pensando “porra aquela filha da puta fala que me ama e ainda me deixa pelado no meio da praça”.
Depois de atravessar a cidade eu chego na casa dela (que é na frente da feira) e ela me atende e pergunta:

_ Pq vc está a essa hora da manhã de cueca na rua?

Respondi:

_ Pq vc me deixou sozinho na praça depois que a gente fudeu a madrugada toda e ainda colou meu celular na minha cara.

Ela revoltada gritou:

_ Você está maluco? Eu fui embora na vigésima lata e vc disse que ia ficar lá com o roceiro, mas calma ai vc disse que fudeu a madrugada toda com quem??? Com o roceiro?

_ Pqp!! comi o cú do roceiro.

Ai quem passa na minha frente saindo da feira? A prima da minha namorada (ex agora). Ela me encontrou e me comprimentou:

_ Oi napa, a noite foi boa? (tipo…ela é quase igual a minha namorada e perguntou isso na maior cara de pau!).

Minha namorada disse:

_ Prima vc conhece o napa?

_ Conheço. Ontem eu fiquei com ele na praça foi lindo!
(e o pior foi que eu nem sabia.)

Aí briga vai briga vem e ela terminou comigo por causa disso. E desde esse dia nunca mais vou as festas open bar…

Enviado por Walmir de Carvalho, 19 anos, Paraíba do Sul – RJ

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
out
26
2008

Tá chovendo histórias cabulosas na minha caixa de entrada (eu quis dizer e-mail para os maliciosos) … LOOK EM 3!

  • 1º História – enviada por Abrão Estevão – de algum lugar do mundo

Bom pessoal, essa história se passou no meu colégio a mais ou menos 3 anos atrás… Eu sou meio que o palhaço da galera, daí lá tem um amigo que não tinha ficado com nenhuma garota (ele é realmente feio), daí estavam sentados juntos ele, o Leo e uma garota que ele pretendia ficar…
Quando cheguei dei um grito zuando ele:

_FAAAAALA SHREK!!

Ele me olhou nervoso e com vergonha da mina e eu continuei gritando:

_ NÃO!

_ Não o quê??

_ NÃO TE COMO NUNCA MAIS SEU FEIO!

Ele levantou indignado para me bater e eu saí correndo… depois de uns 5 minutos eu voltei e gritei denovo:

_ TÁ DE CASTIGO SHREK!!

_ Que castigo pô…

_VAI PASSAR 1 MÊS SEM EU TE COMER! Bom essa história me rendeu um bandão e alguns murros.. mas hoje me rende boas risadas!

  • 2º História – enviada por Carla Christine Ferreira, Uberaba/MG

Era uma segunda feira, ás 13:00h, no centro da cidade onde moro. Estava indo para o trabalho, passando por uma rua lotada de pessoas, quando vi um mendigo totalmente alcoolizado vindo em minha direção. Continuei caminhando normalmente… e o mendigo vinha se aproximando cada vez mais, foi quando ele parou bem na minha frente, abriu os braços e gritou (berrou): EEUUUU TEE AAMMOOOO! Levei o maior susto da minha vida, fiquei tão nervosa que minha reação foi pegar minha bolsa e começar a dar bolsadas frenéticas no mendigo. O coitado saiu correndo desesperado, acredito que ele levou mais susto do que eu!. O pior foi agüentar todas as pessoas no centro rindo de mim.

  • 3º História – Enviada por Ananda Santiago de Andrade – 17 anos (Alagoinhas /Ba)

Foi a uns 3 anos atrás, eu era da 8ª serie. Morava em Salvador, tinha acabado de mudar de colégio e lá a Ed. Física era meninas um dia, meninos outro dia.
Como minhas aulas eram as quintas-feiras, logo no primeiro hórario, tinha que levantar mais cedo para poder tomar café da manhã (mais reforçado).
Acontece que justo nesse dia, eu me atrasei… Tomei banho, me vesti, tomei café, e sai correndo. Morava perto do colégio, então ia a pé.
Quando cheguei na quadra, notei algumas meninas dando risada e olhando pra mim, ignorei e fui encontrar com minhas amigas.
Quando a aula começou, o professor mandou a gente dar voltas na quadra para aquecer. Durante a “corrida”, sentia algo estranho, meios seios estavam doendo muito. Parei um pouco e fui beber água, quando me abaixei, percebi o motivo da dor. Eu havia ESQUECIDO de por o sutiã…
Morta de vergonha chamei Bianca (amiga) para ir ao banheiro, expliquei a situação e como ela estava de casaco fechado, perguntei se ela poderia me emprestar o sutiã ou o casaco. Ela me deu o sutiã ja que eu tinha mais peito que ela. Mas isso foi um trauma. Desse dia em diante a primeira coisa que pego no armario é o conjuntinho (calcinha + sutiã)…. Até hoje ela me zoa por isso vê se pode!

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
out
16
2008

Mais 3 histórias dos nossos leitores. LOOK!

  • A primeira história é da Ana Flávia, 18 anos, Caraguatatuba/SP

Bom, isso faz bastante tempo, eu deveria estar na sétima série, mas não esqueço nunca. Eu estava na aula de história (lembro que adorava meu professor), e o pessoal estava bagunçando demais, daí o professor falou:
_ Eu vou socar matéria em vocês.
Eu inocente disse:
_ Mete professor, mete que eu gosto.
ksaksaksaksaksaksaksakaskkasksakksakasksksaksakasksa…
Eu amava história. Pu… que o pariu. Que mico. Minha amiga me zoa até hoje…
Espero que nunca passem por isso pessoal. Pensem 2 vezes antes de falar, digo por experiencia própria.

  • 2º história enviada por Andréia Aparecida dos Santos, Belo Horizonte/MG

Era sábado, festa da minha prima de 18 anos, eu e minha amiga com 13 anos, não podiámos ir, motivo “um sonoro NÃO de mães”. Meu pai estava viajando a trabalho na época. A minha amiga Mariana ia dormir na minha casa, alugamos filmes de terror para assistir durante e noite.

Quando deu por volta de 1:30 da madruga a fome bateu e, então resolvemos pedir uma pizza… liguei do meu celular para não acordar minha familia… a atendente me disse que ia demorar por volta de 40 minutos pra chegar. Até aí Beleza! Terminamos de ver um filme e resolvemos esperar a pizza para vermos o outro. Já tinham se passado os 40 minutos, então resolvemos ir para o portão para esperar… trocamos de roupa e pulamos a janela do meu quarto para não ter que abrir a porta da sala, que é de correr, logo faria muito barulho, então pulamos a janela e saimos. Sentamos no portão de casa e deixamos o portão encostado, passou muito tempo e nada de pizza, então resolvemos ir até a esquina e nesse meio tempo meu pai chegou de viagem… ele entrou e bateu o portão. Quando voltamos que susto: E agora???

Eu pensei, vou tocar a campainha quando a pizza chegar e explicar… mas para minha surpresa a mulher da pizzaria ligou e disse que o motoqueiro tinha sofrido um acidente então não ia ter como fazer a entrega.

Fim da historia, minha mãe achou que nós tinhámos ido na festa escondido. Levei o maior bronca da minha vida e a minha amiga tb, Nunca mais a mãe dela deixou ela dormir na minha casa.

Hoje rachamos de rir.. mas na época nos sentimos injustiçadas. Fazer o que? Contra provas não há argumentos.

  • 3º história – enviada por Katia Marques, 19 anos, Sorocaba (interior de SP)

Uma vez eu e minha amiga Dri, estávamos voltando de uma balada e resolvemos passar em frente de outra balada, quando vimos um cara procurando algo… e procurava.. olhava e nada… Quando chegou um outro rapaz e perguntou:

_ Ei cara o que vc está procurando?
_ Eu perdi meu fumo, não consigo achar… foi mó difícil de achar ele e agora perdi de novo.
_ É… FUMO? maconha? – olhou meio espantado
_ É!
_ Hum… então vou te ajudar a procurar…
Depois de alguns instantes:
_ Ei brother, não é esse aqui não?
Ai o cara olhou e disse:
_ Não cara, esse eu ja peguei três vezes e não é. – e jogou o negocio no chão.
_Então melhor a gente tirar daqui se não a gente vai pegar de novo né. – o menino que estava ajudando a procurar pegou o negócio e jogou longe.
huhauhauhau Eu ri!

Conte-nos a sua história!

E-mail para envio: [email protected]

Não esqueça de se identificar.

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
anuncie
set
29
2008

Esta semana, devido a quantidade de histórias bacanas que recebemos, selecionei 3. LOOK!

  • A primeira história foi enviada pela Krislayne Rogrigues Solano de algum lugar do mundo.

Aconteceu não só comigo mais com minhas primas também…
Certo dia fomos Eu, Denise, Thaisa, Mayra e Esthefane para praça da Prefeitura aqui da minha cidade. Fomos com meu irmão e nossos primos. Ouvindo música, bebendo vinho e jogando conversa fora, até ai tudo bem…

Ao tarde da noite e ao fim do vinho (aquele galão nem sei quantos litros rs), caçamos nosso rumo… Denise e Esthefane dormiram na minha casa. Três doidas varridas, variando da cabeça, querendo passar o resto da madrugada acordadas.

Eu com a mente mais fértil, liguei para meu namorado (ex agora), pedindo pra ir pra casa dele. Onde estava tendo Corujão (jogo de video-game até amanhecer). Fomos…
Agora imagina como fomos… Minha mãe nem sonhava que a gente bebia vinho (nem qualquer outra coisa) então tivemos que sair escondidas. Único meio, pulando o muro.

Gente, foi simplismente uma piada, três bêbadas, pulando um muro. Cada uma mais louca que a outra. Acabou que quando viramos a esquina da casa do meu namorado, mau entramos na casa dele, ele me deu o maior sermão que uma namorada poderia levar e tivemos que voltar por cima do rastro. ¬¬

Bom, sair foi a coisa mais simples, para voltar pelo muro é que foi dose. Nem tudo que desce sobe né. Essa foi uma de várias histórias que aconteceu comigo e com as meninas. (rs)

Abaixo tem uma foto de eu e minhas amigas.

Esthefane, Denise e Eu de preto


  • A 2ª Historia foi enviada pela Márcia Sandrine (tb de algum lugar do mundo), porém não aconteceu com ela e sim com um amigo de classe. Com direito a moral da história…
Estávamos todos numa discussão sobre sexualidade, até surgiu convite para um ir a casa do outro para fazer “Coisas”… mas não rendia nada… era tudo na brincadeira… até que no meio da bagunça toda, uma colega minha virou para o garoto que estava dando uma de “Gostosão” e resolveu perguntar:
_ Simão… Bóra ali, quero ver se você é bom mesmo!
_Pra onde?… – respondeu ele olhando pra ela.
_Porra Simão, com uma pergunta dessa não tem fogo que fique!!!
Todo mundo começou a rir dele, pois ele estava se achando o gostosão e recebeu um convite desses e pergunta aonde?!! Esperávamos que ele fosse dizer “oxe, bóra agora”… Que escurregada dele. Agora o pessoal tira onda da cara dele sempre.
Moral da História: Nem tudo que parece ser… é!
  • A 3ª e última história dessa semana, foi enviada pelo Leandro Bareño Ottesen, 16 anos, do Rio Grande/RS

Ano passado, quase no Reveillon, minha mãe e eu fomos a uma loja da minha cidade comprar roupas pra romper o ano novo (ui!). Chegando à loja, uma atendente veio nos ajudar com aquele sorriso amarelo forçado. – Em que posso ajudá-los? Minha mãe perguntou se ela tinha sapatos masculinos brancos (paz pro ano novo), a atendente disse que não… Ela perguntou se tinham camisa social branca… A moça disse que não… Cinto branco? Também não… Calças brancas? Não, novamente.

Muito P da vida, agradecemos e continuamos olhando, ao que a atendente pergunta ” – Por acaso ele é Médico?” Nem deixei minha mãe responder… ” – Não, senhora. É pai-de-santo”

A mulher ficou num vermelhão que só vendo. Afinal, pleno 25 de Dezembro ela ainda se surpreende de ver alguém procurando roupas brancas?!

Bom pessoal, é isto! Espero que tenham gostado.
Àqueles que forem enviar suas histórias, favor identificar-se (nome, idade, cidade e foto se possível). Como disse em outro post, selecionarei as melhores.

T+

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
set
24
2008

A história da semana é da Gisele do Nascimento de Ribeirão Preto – Sp. LOOK!

Há menos de 1 mês comecei a trabalhar em um pet shop, e lá vende filhotes e como faço parte da lojinha tenho que manter os filhotes com boa aparência, então resolvi colocar uma xuxinha num filhote de poodle. Coloquei na franja e a menina que trabalha comigo começou a rir e disse que a xuxinha no poodle, coloca é na orelha… então fui lá e coloquei na orelha. Passou dois dias e a menina que trabalha lá foi pegá-lo para dar banho e a cachorrinha, coitada, estava com as orelhas inchadas. A veterinária foi examina-lá e todo mundo achando que era infecção de ouvido… e na verdade era a xuxinha que apertou a orelha da cachorra e prendeu o sangue… ou seja, era para mim ter colocado no pelo da orelha e não na orelha… (rs).  Até chorei por causa da dor que ela sentiu… mais um pouco teria que cortar as orelhas da coitada…
Graças a Deus não aconteceu nada de grave… na hora eu chorei mas depois todo mundo ficou me zuando…

Espero que tenha aprendido Gisele. rs

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
set
20
2008

Desta vez, o “Aconteceu Comigo” conta a história de Djair Rodrigo, que após ler a minha linda história com o “porquinho”, criou coragem e enviou a sua. LOOK!

Eu estava na praia, estávamos em 8, ficamos lá um mês, e um certo dia resolvemos entrar no mar (acreditem ou não, só entrei no mar depois de uma semana…), eu entrei de calção sem nada por baixo… Estava tudo bem, até que uma hora, quando estava saindo, veio uma onda e… já imagina né !? Fiquei pelado no mar, sorte que não tinham muitas pessoas lá (estava meio frio), mas mesmo assim, voltei para onde estávamos e fiquei lá, todos saíram d’agua e eu fiquei lá sózinho, a praia foi ficando vazia e eu morrendo de frio (é incrível como resolve esfriar na praia exatamente nos dias que eu vou), então, vi perto d’agua uma toalha, nem quis saber, peguei na hora e me enrrolei nela, fui até o local da nossa barraca (estávamos fazendo campping) e todo mundo olhou pra mim e riu, não soube porque, mas quando olhei pra baixo… A toalha era de estampa florida, devia ser de uma mulher…

Enfim, ficaram um ano rindo da minha cara e toda vez que vamos na praia perguntam se eu trouxe a toalha, aff…

Coitado, sofreu… não mais quanto eu, mas sofreu… rs
Mande a sua história também: [email protected]

t+

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
set
17
2008

Desculpem por não ter postado nada hoje (ainda!)… é que estou  meio irritada. Não sei se conto a vocês o que aconteceu comigo hoje. Engraçado é… mas é muito vergonhoso. Digo melhor, é traumático, MUITO TRAUMÁTICO. Eu nunca havia passado por isso e nem mesmo conheço ou ouvir falar de alguém que tenha passado por isso…

Mas enfim, vou contar… :oops:

Estou estagiando no setor suinocultura, na minha faculdade… na verdade estou tentando tornar-me integrante do Núcleo de Estudo em Suinocultura (NESUI)… É muito bom o núcleo, bastante conhecido e respeitado. E ganha bolsa tb! (R$400 por mês)… e por isso tenho que trabalhar como trainee para ver se vou gostar da coisa (depois de hj, estou pensando seriamente)

No momento estamos realizando um experimento para avaliar o efeito da ractopamina em rações com diferente níveis de lisina e bla bla bla… e todos os dias temos que recolher as sobras da ração fornecida aos animais, para subtrair do total de ração dado e calcular quanto o animal consumiu, saka? E hoje, justo hoje, estou naqueles dias (não ri. Sua mãe tb menstroa ou já menstruou um dia!)… e quando entrei na baia dos machos para fazer a coleta da sobra…  Tchanammm… um macho veio me cheirar e ficou louco. Chegou a pular em mim aquele fdp disgracento!!! :x Quase fui inseminada por um porco.

Vocês acreditam que ele colocou o “negócio” para fora ? (sim, o porco bateu uma pra mim). Aff! Foi cruel. A sorte é que não tinha ninguém por perto (imagina se tivesse?! essa hora já deveria  estar todo mundo sabendo hahaha). Mas mesmo asssim, foi horrível. Fiquei traumatizada. Depois desta, vou sugerir ao coordenador do núcleo para colocar nas baias dos machos a seguinte placa: NÃO ENTRE SE ESTIVER DE CHICO.

Você ri porque não foi com você! :cry:

Bom, depois dessa triste e verdadeira história que aconteceu comigo hoje decidi abrir um quadro aqui no blog que se chamará: “ACONTECEU COMIGO”

Com certeza, acontecimentos constrangedores e engraçados já aconteceu com todo mundo… Por isso, envie sua história… eu a publicarei aqui. Tem que ser engraçado!!!

Email para envio: [email protected]

Postarei as melhores, uma vez por semana. 😉

Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia, triste história da gi
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia, triste história da gi