INSÔÔNIA.com
ACONTECEU COMIGO #58
nov
17
2014

Bom, primeiramente já peço para não me identificar. A história é sobre um perrengue que passei por ter dado ouvidos a amigos trolls e ter insistido tanto pra namorada fazer anal.

O caso é o seguinte, eu tinha uma namorada na qual estávamos juntos há uns 3 meses, a gente sempre se pegava no meu carro (Chevette), numa rua deserta aqui no meu bairro. Lá rolava aquele sexo gostoso sem frescura.

Minha namorada (digo ex, pq não estou com ela mais), liberou muito rápido pra mim, nas primeiras semanas de namoro a gente já transava diariamente. Tínhamos uma química muito boa. Ela sempre me surpreendia em cada transa. Até que um dia eu disse a ela que queria mais do que a ppk, que eu queria também o Marques de Rabicó (cu). Não custava tentar, né? Vai que rola… ela gostava de mim, mas reclamou que ia doer e acabou não rolando. Daí toda vez que íamos transar, eu pedia o asterisco e ela negava. Até que um dia de tanto eu insistir, ela me disse que se eu arrumasse um jeito de não doer ela dava o cu pra mim.

Sendo assim, fui perguntar umas dicas com os filha-da-puta dos meus amigos, eu nunca tinha feito anal e não manjava muito dos paranauê. Daí um amigo meu me disse para eu comprar xilocaína. Ele falou que xilocaína iria anestesiar o bagulho e que ela não iria sentir dor alguma. Maldita hora que escutei esse fdp! Acreditei nele e fui na farmácia e comprei o maior tubo de xilocaína que tinha disponível. Coloquei o tubo no porta luvas e fui na casa da minha namorada chamar ela para dar uma sapecada. Ela topou na hora e fomos para o mesmo lugar.

Chegando la, já começamos o amasso e rolou aquela transa daora, mas eu não estava satisfeito pois eu queria muito fazer anal. Comecei a tentar e ela falou que não, disse que ia doer. Aí saquei prontamente do porta luvas o tubo de xilocaína e falei que agora ela não teria desculpas, prometi a ela que não iria doer e foi assim que finalmente ela topou. Contestou um pouco mas topou!

Então passei metade da xilocaína no cu cabeludo dela e a outra metade lambuzei o meu pau. Esperei uns dois minutos e comecei a não sentir o meu pau mais de tão anestesiado que o bicho ficou. Apressadamente, com medo de broxar, enfiei nela até encaixar tudo e comecei a bombar feliz da vida.

Ela falou que não estava doendo e que eu podia bombar mais. Rapaz! Eu estava bem lá curtindo o momento, a primeira vez, até que de repente escuto um som de peido. Caraca velho, ela soltou um peido fedorento, mas fui homem, não liguei pra isso e continuei. Ela ficou um pouco constrangida, mas em seguida eu disse “eu te amo”  pra ela e consegui amenizar a situação. Ela continuou rebolando e me dando prazer.

Chegou um momento que a posição estava incomodando, sabe como é transar dentro de carro né. Então resolvi mudar a posição e assim ficarmos mais confortáveis. Porém assim que tirei meu pau do anus dela, aconteceu a grande merda. E bota merda nisso. Rapaz, a  mina cagou meu carro todo. E ela não conseguia parar de cagar, tipo parece que o esfíncter dela (músculo do cu) se relaxou demais por causa da anestesia e ela não conseguia se controlar.

Cara, a situação foi feia. Ela ficou super constrangida, começou a chorar e pediu para ir embora logo. Ela foi cagando o trajeto todo. Nunca vi tanta merda assim. Tentei acalmá-la, mas nada do que eu dizia à consolava.

Fui correndo pra casa dela, ela desceu do carro rapidamente sem se despedir. Depois levei meu carro no lava jato e ainda tive que aguentar zoação dos caras que trabalhavam lá. O pior de tudo que mesmo depois do carro limpo, o cheiro da merda parecia que impregnou no carro.

Resultado: minha namorada nunca mais olhou na minha cara de vergonha e eu vendi meu carro dias depois. Fiquei super triste, mas já passou. Hoje já consigo rir da história. rsrs

Se alguém souber um produto pra passar no cu que realmente funciona, fala aí. Já tô ficando com outra mina, mas não acredito mais nos meus amigos. kkkkk

Valeu blog insoonia!

– anônimo.

Envie também a sua história: [email protected]
Envie também a sua história: [email protected]
anuncie

Blizhost hospedagem de sites
Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário