INSÔÔNIA.com
O melhor jogo online
A incrível história do “Navio-Fantasma” Baychimo
jan
04
2011
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 19:37

Todo mundo já deve ter ouvido falar no Navio Fantasma. Mas a verdade é que poucos sabem sua verdadeira história. O navio Baychimo, vulgo “navio fantasma”, foi abandonado em 1931 e ainda pode estar à deriva nos mares do Alasca. O navio era um cargueiro sueco que foi lançado ao mar em 1914, pertencente à Hudson Bay Company, que navegou durante alguns anos na costa do Alasca, comercializando peles e provisões com os Esquimós e Inuites.

Em 1º de Outubro de 1931, quando transportava uma carga de peles, ficou preso em um banco de gelo. Seus tripulantes abandonaram a embarcação e andaram por cerca de 1km sobre o oceano congelado até a cidade de Barrow. Porém, o Baychimo desprendeu-se do gelo, e sua tripulação voltou para continuar a viagem.

No dia 8 de Outubro ele ficou preso novamente, desta vez em um local remoto, onde aeronaves da Hudson Bay Company retiraram a maior parte da tripulação, deixando apenas 15 membros no local, para vigiar se o navio conseguiria livrar-se do gelo, esperando o resto do inverno caso necessário. Devido ao perigo em manter-se a bordo em caso de esmagamento pelo gelo, a tripulação remanescente construiu um abrigo de madeira sobre o mar congelado próximo ao navio.


Uma grande tempestade abreviou o trabalho da tripulação em 24 de Novembro, pois ao tentar verificar os estragos após a tormenta, o Baychimo tinha simplesmente desaparecido. A conclusão de imediato foi de que o navio afundou durante a tempestade.

Alguns dias depois, foi comprovado o engano, quando Esquimós informaram o avistamento do Baychimo a cerca de 72Km do ponto de encalhe. A tripulação decidiu que mesmo livre para navegar, seria impossível sobreviver ao inverno naquela embarcação.

O Baychimo era oficialmente um “Navio Fantasma”, que provavelmente nunca mais seria visto depois da primeira tormenta que enfrentasse. Mas foi a partir deste momento que começou uma série de avistamentos que duraram 38 anos…

  • 1931 – Alguns meses depois do abandono, foi visto novamente cerca de 480 km a leste.
  • Março de 1932 – Foi visto navegando tranquilamente perto da costa do Alasca, por um viajante, próximo à cidade de Nome.
  • Março de 1933 – O navio foi encontrado por um grupo de Inuites que fugiam de uma tormenta, servindo de abrigo durante 10 dias.
  • Agosto de 1933 – A Hudson Bay Company informou que o Baychimo continuava à deriva, mas uma operação de resgate estava fora de cogitação, pois seria muito cara.
  • Julho de 1934 – Foi visto por um grupo de exploradores em uma escuna.
  • Setembro de 1935 – Foi visto ao longo da costa do Alasca.
  • Novembro de 1939 – Foi abordado pelo capitão Hugh Polson, com o intuito de um resgate, mas os assustadores blocos de gelo flutuantes da região fizeram com que a tentativa de resgate fosse abortada.
  • Entre 1939 e 1961 – Foi avistado inúmeras vezes por vários navios, mas nunca foi tentada uma abordagem.
  • Março de 1962 – Foi visto navegando ao longo do Mar de Beaufort por um grupo de esquimós.
  • 1969 – O navio foi visto congelado em um bloco de gelo. Dias depois o navio teria sumido novamente. E agora, 38 anos após ter sido abandonado nunca mais avistaram-o.

alaska, Baychimo, história do navio fantasma, navio fantasma
alaska, Baychimo, história do navio fantasma, navio fantasma


Blizhost hospedagem de sites
Comenta aí, coruja! Para comentar você tem que estar logado no facebook. Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário