Top10 – Criaturas Bizarras do Folclore Japonês | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Top10 – Criaturas Bizarras do Folclore Japonês
jan
21
2010
Curiosidades, Textos / Por: Gislaine Lima ás 12:10

10º – O Kappa

A primeira vista não existe nada de tão assustador e bizarro sobre o Kappa. É um pequeno duende, frequentemente referido como macaco de água.

O Kappa tem um pires na cabeça que está cheio de água a partir da primavera de natal. Se a água sai de sua cabeça, ele perde seus poderes mágicos. Kappas geralmente bebem sangue e podem ser bons ou maus. Eles também gostam de comer pepinos e uma família japonesa que deseja evitar a ira de um Kappa ou ficar a favor deles, devem escrever seus nomes em um pepino e jogar no lago dos Kappa. As criaturas são conhecidas por serem educados e sempre prometer coisas. A coisa mais estranha sobre os contos dos Kappas é que existem diferentes nomes para eles: Kappa peludo, Kappa covarde, Kappa alpinista, Kappa animal, Kapa olho, kapa gato (não, não, os veterinários não)

9º – O Heikegani

O Heikegani está nesta lista por um motivo muito legal: eles realmente existem! O caranguejo Heikegani são uma espécie de artrópodes nativos do Japão. Originalmente o mito surgiu quando os japoneses atribuíram o rosto do caranguejo com a face do samurai Heike, que morreu na batalha de Dan-no-ura. O “face” destes artrópodes realmente lembram rostos humanos. Carl Sagan propôs que, no passado, as pessoas no Japão só comiam caranguejos Heikegani que não lembravam rostos de samurais, portanto, os caranguejos que possuíam este “rosto” eram preservados. Atualmente, a grande maioria dos caranguejos têm corpos semelhantes a rostos humanos, por isso, eles não são mais consumidos com tanta frequência.

8º – Nuppeppo

Não existem muitas informações sobre o Nuppeppo para satisfazer a curiosidade dos nossos amados leitores, mas, temos o básico sobre eles.

Os Nuppeppos são animações de pedaçõs de carne humana. Eles andam ao redor de suas próprias mãos e são mais frequentemente vistos em cemitérios ou em áreas desertas próximos de templos à meia-noite. De onde eles vêem e porque estão vivos? Possuem o cheiro de carne podre ou morta? Infelizmente não existem registros suficientes para sanar estas curiosidades, os nuppeppos são bastante curiosos e possuem poucas explicações.

7º – Kasa-Obake


O Kasa-Obake [e um tipo de Tsukumogami – um objeto que vem, espontaneamente à vida após possuir 100 anos de existência. A idéia de objetos inanimados desenvolverem espíritos espontaneamente após um certo período de tempo parece ser bastante razoável quando comparamos a história dos outros personagens folclores. A coisa mais estranha sobre o Kasa-Obake é que, aparentemente, guarda-chuvas ganharam vida tantas vezes que alguém resolveu finalmente decidir dar-lhes nomes próprios, apenas para separá-los dos Tsukumogami. Kasa-Obake é o nome de um guarda-sol animado com vida.

6º – Makura-Gaeshi

Aqui, temos mais um personagem do folclore japonês totalmente bizarro. O Makura-Gaeshi é um espírito embusteiro famoso por movimentar os travesseiros das pessoas enquanto elas dormem. Algumas fontes dizem que também polvilham areia nos olhos e roubam as almas. O que caracteriza-os, principalmente, é a perturbação em movimentar travesseiros, que são movidos pelo chão até o pé da cama enquanto as pessoas dormem tranquilamente. Não existem mais grandes registros sobre o surgimento deste personagem na cultura japonesa.

5º – Konak Jiji

O Konak Jiji é simplesmente uma criatura mal-intencionada. Ele toma a forma de uma criança e esconde-se em áreas montanhosas remotas, à espera de um viajante que passa inocentemente. Quando uma vítima se aproxima, o Konak Jiji começa a chorar. É da natureza humana querer que um bebê pare de chorar e, por instinto, os viajantes pegam o bebê no colo para confortá-lo. Uma vez que ele está no colo ele cresce e fica insuportavelmente pesado. Algumas fontes dizem que eles podem crescer até e pensarem mais de 350 quilos, peso o suficiente para causar sérios danos a quem os segura. De acordo com a crença não é possível jogá-los no chão, porque as pessoas ficam paralisadas. Porém, se alguém conseguir sobreviver ao efeito esmagador, a pessoa ganhará poderes mágicos.

4º – Mokumokuren

O mokumokuren é outro exemplo de criatura bem estranha. No Japão antigo, paredes deslizantes feitas de papel eram bastante comum na grande maioria dos lares japoneses. O papel, no entanto, pode conter buracos ou ter partes rasgadas. O Mokumokuren é um espírito que habita o papel de parede deslizante. Se o proprietário do muro é muito descuidado, o muro poderá conter buracos e quando mais buracos conter o papel, mas chance existe de pessoas observarem você nos buracos da parede. E a tradição dizem que estes espíritos observam você. A única maneira de se livrar deles é ser bastante cuidadoso e não deixar buracos na parede de papel.

3º – Akaname

O Akaname está nesta lista porque possuir características inacreditalmente bizarras. O Akaname pode ser traduzido, sem exageros, como “lambedor de sujeira”, e isso não seria impróprio para ele. Akaname é um tipo horrível de bicho-papão do Japão que, literalmente, lambe os banheiros sujos, limpa tudo com a língua ajudado por sua saliva venenosa. Acredita-se que o monstro pode ter se originado como uma forma que os pais encontraram para motivar os seus filhos a manterem o banheiro sempre limpinho.

2º – Ittan Momen

O Ittan Momen parece bastante inofensivo, afinal, é apenas uma tira de pano branco. Ele tem o hábito de voar ao redor das pessoas à noite, o que é um pouco estranho, mas, não tão assustador assim. Não é assustador mas pode lhe fazer mal, envolver sua cabeça e esmagar seu crânio ou sufocar até que você morra. Não é totalmente ruim, apesar de que o Ittan Momen gosta de ser usado por pessoas que ganharem suas confianças, mas, como ganhar a confiança destes panos gigantes voadores é algo que permanece totalmente no mistério.

1º – Shirime

A descrição deste personagem é um pouco grosseiro. Shirime foi o nome dado a uma aparição de um homem com um olho no lugar do seu ânus. Olho no cu, melhor dizendo.

Não existe quase nenhuma informação sobre suas aparições. Na verdade, só existe uma história registrada sobre o Shirime, mas, a idéia deste ser foi bastante assimilada pelo artista e poeta Yosa Buson que incluiu várias criaturas sobrenaturais nos quadros que pintou. A história do Shirime simplesmente afirma que um samurai solitário estava andando por uma estrada à noite, quando alguém o chamou. Ele se virou para ver um homem misterioso se despir e apontando para o seu traseiro. Do nada, um grande olho brilhante começou a se abrir a partir da área indicada. O samurai ficou tão horrorizado que ele saiu correndo gritando, e o Shirime nunca mais foi visto.

Via: JC
Gislaine Lima
Akaname, criaturas, Folclore Japonês, Ittan Momen, Kasa-Obake, Konak Jiji, Makura-Gaeshi, Mokumokuren, Nuppeppo, O Heikegani, O Kappa, Shirime
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016