O peso (ou a falta dele) na moda | Blog Insôônia
O melhor jogo online
O peso (ou a falta dele) na moda
dez
30
2010
Textos / Por: Coruja ás 14:00

Veja bem essa foto:

Não, essa foto não é nenhuma edição do Photoshop nem propaganda de boneca da 25 de Março. É a modelo americana Allie Crandell, que foi banida da campanha de uma marca americana de roupas por estar magra demais. A marca e a agência de propaganda receberam diversas reclamações de clientes que se incomodaram com a exposição excessiva da estrutura óssea da “bela” modelo. As consumidoras diziam que a moça parecia mais uma “anoréxica” do que uma modelo.

Segundo a própria agência, a modelo só poderá voltar ao trabalho depois que ganhar algum peso.  Na verdade, nem é a primeira vez que a estrutura esquelética dela incomoda. Num reallity show da MTV, ela foi criticada várias vezes, mas se defendia dizendo que “come muito bem”.

Todo mundo sabe que a própria indústria da moda e da beleza incentivam a magreza excessiva.  O resultado é o que vemos sempre: esqueletos cobertos com pele que se acham o supra-sumo da beleza no mundo. Isso sem falar de milhares de meninas sofrendo com anorexia, apenas pra chegar à tão sonhada “beleza”.

Talvez a reação das consumidoras da marca de roupas seja um sinal de que, aos poucos, as pessoas começam a rejeitar esse padrão ridículo de beleza, e ver que não é necessário perder a saúde pra atingir a beleza. Ser bonito é se sentir bem consigo mesmo.

Tanto porque quem gosta de alisar osso é cachorro. Homem gosta é de ter o que apertar. Isso é #fato

Espero os comentários de vocês! @wesleyalaveira

Bái

Coruja
beleza, magra, moda, modelo, Weslley Talaveira
Coruja
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016