Plantão do Corujão!!! [13] | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Plantão do Corujão!!! [13]
abr
21
2009
Plantão Corujão* / Por: Gislaine Lima ás 13:36

Tema de Hoje: Tiradentes (Preferia ser conhecido como “Tiracabaços”.)

plantao_coruja-copia1

_

Quem és tu???

Tiradentes (1746-1792) foi o mais famoso banguelador e pintor brasileiro de todos os tempos.

Joaquim José da Silva Xavier (o Tiradentes) foi um importante comunista que viveu em Minas Gerais na década de 20. O pseudônimo Tiradentes lhe foi dado quando cursava odontologia na Universidade Federal de Minas Gerais, curso jamais terminado em função da intensa atuação de tiradentes no DCE da Universidade e no Movimento Estudantil, através do qual pretendia implantar o comunismo no Brasil. Sua tentativa de provocar a revolução foi ridicularizada por seus vizinhos e colegas, e o prefeito de Belo Horizonte resolveu por bem cortar sua cabeça.

Bosquejo histórico sobre Tiradentes

Quando ainda era bem pequeno, além de fazer muito cocô e xixi, Tiradentes já pintava o sete. Ao crescer e acabar ficando grande, anos depois, continuou pintando o sete, ora como mascate, ora como tropeiro, comerciante, farmacêutico, e até como militar e minerador. Foi no trabalho de extração de pedras preciosas das rochas que ele desenvolveu a prenda de arrancar dentes. Usava até as mesmas ferramentas de mineração: martelos, alicates etc. O que, é claro, doía muito, tanto que, até hoje se comemora anualmente o dia que esse filho da puta foi enforcado, esquartejado, et cetera (segundo relatos da época, no caminho para o cadafalso, Tiradentes foi cercado por um sem-número de banguelas ex-clientes seus que o consolavam com palavras de apoio: -É bom? Quem é que tá com medinho agora, heim?). Ficou famoso nessa arte. Apesar de que ele preferia fazer suas extrações nas rochas, porque elas nunca gritavam.

Naquela época, a ruma de comedores de rapadura era muito grande, imensa, mas ainda era possível encontrar alguns dentes podres entre as cáries das bocas do povo. Tiradentes distraiu milhares de dentes de mineiros e cariocas. Nas cidades por onde ele passava, formavam-se filas de dobrar todas as esquinas da praça da Igreja Matriz. Até os humoristas Tiririca e Tião Macalé (Ih, nojento, tcham!) viraram banguelas nas mãos do artista.

O Inconfidente

Quando soube que o reino português mandaria fazer uma derrama, cobrando da população os 20% da produção de ouro devidos e não pagos, correspondentes aos quintos do inferno da Coroa, totalizando 8.000 kg do metal, Tiradentes resolveu pintar o sete às escondidas, como ativista político. Ele tentou, então, formar uma conspiração para livrar os brasileiros do jugo da rainha Maria I de Portugal, carinhosamente chamada por seus patrícios de ´A Louca`.

Foi aí que a craca roeu o casco. A tal da Maria Maluca ouviu falar das artes que ele estava fazendo, e tratou de condená-lo da melhor maneira que a Coroa dispunha para lidar com homossexuais e terroristas: Tiradentes deveria ser enforcado em praça pública e, por via das dúvidas quanto à reencarnação dos mortos, seu corpo seria esquartejado em quatro partes, sendo que cada uma delas deveria ser levada para um lugar diferente do País, bem distante um do outro: Buenos Aires, Disneylândia, Austrália, Shopping Iguatemi, Alaska e Monte Everest. A execução aconteceu em 21 de abril de 1792, no Largo da Lampadosa, Rio de Janeiro. Como a corda estava apertada demais, foi o jeito ele morrer antes mesmo de ser enforcado. Segundo consta nos “Autos da Devassa” (a devassa devia ser a Maria Maluca) o enforcado morreu de morte natural, sendo tal conclusão uma prova cabal da secular burrice brasileira.

Final da história

Tanta precaução de nada serviu. Trinta anos depois de morto, Tiradentes pintou o sete de setembro. Sua melhor e mais importante obra. Em compensação, hoje se paga 40% de impostos no Brasil e não aparece sequer um louco para reclamar.

Enfim, Tiradentes devia ser o padroeiro do Brasil; tá todo mundo com a corda no pescoço mesmo.

ps. não acredite em nada dessa bagaça. E feliz dia de tirar o dente.

Gislaine Lima
TIRADENTES
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016