Para os “homi”: pais por acaso | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Para os “homi”: pais por acaso
abr
26
2011
Leitura da Noite, Textos / Por: Coruja ás 15:17

Opa, e aí corujas, como vão?

Vamos imaginar uma situação: você conheceu uma garota que é simplesmente incrível. Além de ser linda, é educada, tem uma conversa ótima, respeita suas manias estúpidas. Manda SMS com frases bonitinhas pra você, e é toda meiga, carinhosa. Ajeita a gola torta da sua camisa e insiste em fazer suas unhas. Enfim, parece ser a gata perfeita. Quando você se dá conta, ta apaixonado -TODOS SUSPIRA. Aí, num dia comum como qualquer outro ela revela ter algo que você não sabia. Não, não é isso que você pensou. Ela revela que é mãe!!! Hã?!

Hoje em dia tem sido cada vez mais comum ver garotas novas e lindas que já tem herdeiros dentro de casa. Nem sempre os “omi” assume os “fío”, e ela acaba virando uma linda e gostosa mãe solteira. E você foi o  escolhido pelo Cosmos para se apaixonar por ela. Como você reagiria? Continuaria em frente e enfrentaria o ciúmes do ser rechonchudo que possivelmente vai virar um pequeno tropeço? Ou daria um jeito de sair fora?

O fato é o seguinte: esse assunto é complexo demais pra eu dar uma resposta rápida, e não to afim de transformar o Insoonia num “Casos de Família”. O que eu penso é que você deve ter muito bem definido o que quer realmente com essa garota. Você quer apenas uma companhia pra o cinema, ou pra balada? Tudo bem, mas deixe isso claro pra ela. Ou você gosta o suficiente pra entrar no mundo do pequeno rebento que há na casa dela? Decida-se.

Se quiser ir em frente e passar a fazer parte da rotina da fofinha de macacão rosa com desenho de elefante, boa sorte. Não há nada de mal nisso. Você não vai ser um segundo pai da criança, tanto porque o ex com certeza deve se vivo e querer ter acesso à garota. Você vai ser o companheiro da mãe dela, e possivelmente um grande amigo da criança enquanto ela crescer.

Aí quando menos percebe, você virou um padrasto. O nome “padrasto” é tenso – ainda mais com o que uns filhos-da-puta andam fazendo por aí, mas você pode ser o melhor padrasto do mundo. Aceita o desafio?

Bái! @wesleytalaveira

Coruja
Criança, padrasto, pai, Weslley Talaveira
Coruja
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016