O nome da “indivídua” é Irene. Ela mora na Suécia. Cá entre nós, esse negócio de fisiculturismo feminino é muiito tenso, né?

Credo! olha que coisa feia…

Homem, já imaginou levar uma chave de perna dela?? *_*

Jesus salva ela!

COMENTÁRIO(S)