Casos e acasos da Gi | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Casos e acasos da Gi
jul
30
2010
Espaço Gi* / Por: Gislaine Lima ás 2:26

Oiii corujas!! Depois de muito tempo sem contar alguns casos da minha vida… decidi me abrir novamente! (ai delícia!)

Eu sei que vocês gostam dos meus casos, todos que já contei aqui bombaram de comentários… então devo continuar com o quadro “Casos e acasos da Gi”. Desde já aviso-lhes: TODOS SÃO VERDADEIROS e minha cara nem queima de contar!

Na verdade minha vida andava sem graça mesmo, sem histórias pra compartilhar. Pra quem não pegou a época dos posts pessoais, vou logo avisando: Nenhum presta. Todos sexualmente pesados! Adoooooro!! 😀

O que tenho pra contar hoje é algo constrangedor. Tô num relacionamento aí, meio proibido, saka? Muito carinho, companheirismo e pegação. Adoro a última parte! Na semana que passou, fomos num motel chiquetê da cidade, sabe como é né… sexo é mara e não tenho vergonha de assumir isso.

Sabe quando você está loucamente louca para fazer amor? Pois é, eu estava assim. Nossa, como nos entendemos bem na cama. Impressionante!

Eu gosto de arrasar, sabe? O problema é que quando nós mulheres ficamos muito orissadas, acaba que acontece os malditos  “flatos vaginais”… isso é terrível e vergonhoso. Falando rasgadamente, flatos vaginais nada mais é que peidar com a perereca. Aí gente fala sério… é tenso demais, né?! Você bem lá de boa na canoa, quando vê a “menina” começa a soltar foguete!!!!!! AFFFF!! Aii quero morrerrr quando isso acontece. Vergonha pura! =/

O melhor, ou pior sei lá, é que quando isso me aconteceu pela primeira vez, há uma eternidade atrás, fui na ginecologista e ela disse que isso é normal, que acontece pela entrada de ar na vagina sob a pressão do pênis. No movimento de penetração (entra e sai), o ar que estava sob pressão, escapa produzindo o som. Que barra!!

O problema é que a “minha” grita muito.Vuvuzela perde. É muito ar que entra. Tô preocupada… será que sou aberta demais?? Não posso ser. Tive poucos parceiros, namorei muito tempo, não aproveitei a vida tanto assim…

Os homens geralmente falam que é normal e que não se importam com isso, mas sei la viu, não é possível que não sentem nenhuma vontadezinha de rir?? Bom, se sentem problema é deles. Desde que conheçam a sutil diferença entre flato vaginal e flatulência anal, está ótimo.


Gislaine Lima
comédia, flatos vaginais, Gi, texto
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016