Eu falo sozinho no Twitter! | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Eu falo sozinho no Twitter!
out
19
2010
Curiosidades, Textos / Por: Coruja ás 10:30

Opa, e aí povo?

Há algum tempo eu twittei o seguinte: “quando eu era criança, eu tinha o costume de falar sozinho. Hoje eu tenho Twitter”, ou seja, continuo falando sozinho, já que nem sempre respondem meus tweets ou me retuitam.  Até aí eu pensava que eu é que era irrelevante no Twitter, mesmo…

Mas fiquei feliz ao saber que não sou. Uma empresa americana fez uma pesquisa e descobriu que 71% do que é escrito no Twitter não recebe qualquer resposta, nem retweet nem nada, ou seja, 7 de cada 10 tweets são ignorados. E essa pesquisa descobriu mais umas coisas interessantezinhas:

  • Apenas 6% dos tweets são retuitados. E esses tweets são retuitados apenas na primeira hora depois de escritos;
  • Entre os tweets retuitados, 92% são retuitados apenas na primeira hora;
  • Só 23% dos seus seguidores respondem seus tweets (replies), e respondem apenas um tweet; apenas 1 por cento dos seus seguidores respondem mais de 3 tweets seus.

Sim, é isso mesmo: você não é tão irrelevante como pensava. É só termos em mente que o Twitter não é uma página de relacionamentos (então nada de fazer do Twitter um mini-Orkut, OK?), para se conversar, bater papo, mas um gerador de informações, onde você pode ler o que se escreve sem ter que responder ou interagir.

Ou seja, não estranhe se você passar despercebido no Twitter, principalmente se você não é o Danilo Gentili, o Felipe Neto o qualquer outra celebridade, que pode escrever qualquer merda que será retwittado zilhões de vezes!

Falando em Twitter, me segue lá, vai: @wesleyatalveira

Bái!

Atentai: Já votou no insoonia para “O blog mais desejado do Brasil” ? Corujas uni-vos! Votem! www.premiobmd.com.br

Coruja
Celebridades, Internet, reply, retweet, twitter, Weslley Talaveira
Coruja
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016