Autopista Ártico: A rota mais perigosa do mundo | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Autopista Ártico: A rota mais perigosa do mundo
out
14
2009
Curiosidades / Por: Gislaine Lima ás 12:17

A autopista do Ártico Construida nos remotos territorios do Noroeste, a estrada entre Tibbitt e Contwoyto, Canadá, é considerada com a rota mais perigosa do mundo.

Se encontra nas regiões árticas e pecorre mais de 500 quilômetros para alcançar as gigantescas minas de diamantes do norte. Sua perigosidade radical em trecho de 85% de sua passagem transcorre sobre os lagos gelados, de modo que a capa de gelo pode romper em qualquer momento e tragar os caminhões que circulam por ela.

foto1_thumbfoto2_thumbfoto3_thumb

foto4_thumbfoto5_thumbfoto6_thumb

A rota só é transitável nos meses mais severos do inverno. Cada ano, quando o gelo adquire espessura suficiente, os equipamentos da companhia Nuna Logistics (gigantescas máquinas abrineves) abrem uma rota de dezenas de metros de largura, equivalente a uma autopista de oito partes, que permitem o transporte de caminhões de mais de 70 toneladas vindos das minas.

Para seu perfeito funcionamento, as minas necessitam de 300.000 toneladas de combustivel, explosivos e concreto.

foto7_thumbfoto8_thumbfoto10_thumb

A aventura de viagem ao norte dura mais de quinze horas, sem possibilidade de parada. Alguns dos lagos gelados têm centenas de quilômetros, os quais ser percorridos a uma velocidade não superior a 50 km/h. Se isto não for respeitado, o caminhão pode acabar criando uma onda na água, por baixo do gelo, o que pode vir a causar uma grande rachadura na estrada e consequentemente, bloqueando completamente a passagem.

foto12_thumbfoto13_thumb

Via: Tio Pike
Gislaine Lima
Autopista Ártico, Canadá, estrada, rota mais perigosa, Tibbitt e Contwoyto
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016