Gislaine Lima | Blog Insôônia | Page 2
O melhor jogo online
jan
29
2016
Aconteceu Comigo* / Por: Gislaine Lima ás 14:15

aconteceu-comigo1

Aê Gi, vou contar o que aconteceu cmg esses dias pra vc conhecer um pouco da vida sofrida do pretinho aqui. Meu sonho sempre foi ter um Punto Preto, desde que terminei a faculdade pelo prouni que comecei a trabalhar na Petrobrás. Desde então comecei a juntar grana. No final de 2015, finalmente, pude realizar meu desejo de moleque. Comprei o Punto Preto, zero bala e a vista! Botei os vidros preto, do jeitinho que sempre quis. Fiquei felizasso e pensei “Agora é a hora de curtir o Negro Li” (nome do meu possante).

Saí pra dar um rolé e logo avistei uma Nega na esquina, e que nega bonita, rapaz! Parei o carro e observei ela com olhar de “quero estrear o Negro Li”.  Sim, era uma garota de programa. Preta. Do jeito que eu curto. Não pensei duas vezes e buzinei pra ela. Ela entrou no carro e fomos da uma volta. Eu queria transar dentro do carro, mas a garota era tão gente boa que antes chamei ela pra tomar uma cerveja. Ela topou. Levei ela no shopping, rapaz eu dei a mão pra garota no shopping. Parecia dois preto apaixonados. Até que essa parte foi bacana….

Sentamos na praça de alimentação e logo pedi uma cerveja. Preta. Sim, eu gosto de cerveja preta tb. A garota disse que nunca tinha bebido cerveja preta, o que me surpreendeu bastante. Porra, quem nunca bebeu uma cerveja preta? Enfim, ficamos horas ali bebendo, rindo e se beijando.

Fiquei chapado e assanhado. Nesse momento já tinha esquecido que a garota cobrava por hora. Porra, pensei, ela tá curtindo, tá feliz, certeza que vai cobrar barato! Doce ilusão. Mas deixa essa parte pra depois.

Saímos do shopping e pegamos o possante. Ela perguntou que motel eu queria ir, eu disse que queria estrear o negro li e ela topou. Fomos pra uma quebrada e começamos os trabalhos. Que beijo gostoso da pretinha, rapaz. Que sensualidade era aquela??! A guria olhava com aqueles olhos pretos no fundo dos meus olhos, a jogada de cabelo que ela faz, puta que pariu. Eu fiquei louco.

Ela começou cavalgar em mim de uma maneira que eu achei que os amortecedores do meu carro não iam aguentar. Nesse balanço todo, a garota começou ficar enjoada, pedindo pra parar, mas eu não queria parar, tava bom. Mas ela não aguentou. Sentada no meu pau preto, ela deu aquela gorfada voadora. Vomitou toda a cerveja preta no banco de trás do Negro. Porra, nem gozar eu gozei.

Paramos ali e ela disse que precisava ir embora. Disse que não estava bem e que a cerveja fez mal pra ela. ¬¬
Levei ela embora e nego do céu, na hora de pagar a conta: ela cobrou 600 paus de negro. Disse que ficou o dia todo comigo e como não terminou o serviço cobraria só 600. O nego aqui quase faleceu.

Enfim, dei um cheque pra ela e fui embora. Agora pensa na ironia da minha vida: Preto da Petrobrás compra punto preto, poe vidro preto, leva puta preta pra tomar cerveja preta, ela vomita no banco preto, o preto nem goza e ainda paga uma fortuna, o que o deixou numa situação preta $$.  kkkkk Parece até trava lingua, fala aê?! Mas não, a minha vida que é negritude de mais. Mas eu amo.

Beijo pras pretas! <3

– Anônimo Preto

Gislaine Lima
Envie também a sua história: [email protected]
Gislaine Lima
Página 2 de 1.0611234...1.061
Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016