Amarração para o amor? | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Amarração para o amor?
mar
10
2011
Leitura da Noite, Textos / Por: Coruja ás 14:08

Opa, e aí, corujas?

Dia desses um amigo me perguntou: “você acredita nessas ‘amarrações pra o amor’ que essas mães-de-santo fazem por aí? Acha que isso trás mesmo uma pessoa amada?”  Antes de responder essa pergunta, uma outra deve ser feita: você gostaria de ter do seu lado uma pessoa que não te ama de verdade, que só está lá porque foi vitima de um feitiço?

Quem procura esse tipo de “serviço” geralmente são pessoas inconformadas com o fim de namoro, ou de casamento. Isso pode revelar um problema grave: como você encara um relacionamento?

Um dos grandes problemas dos relacionamentos hoje em dia – e motivo de muitas tragédias que a gente vê no Datena todos os dias – é que as pessoas tratam o marido / esposa como se fossem propriedade sua. Ela te pertence, e isso significa que ninguem mais pode olhar pra ela, conversar com ela, e pra você não existe a menor chance de ela querer sair da sua companhia algum dia. Ela é mais que sua namorada: ela é sua, te pertence, e você pode fazer o que quiser com ela. Infelizmente, muita gente pensa assim.

Sabe aquela “ninguém é de ninguem”? Pois é, é bem assim, mesmo. Nao é porque ela / ele carrega uma aliança sua que ela te pertence. Sim, começar um relacionamento é assumir um compromisso e etc e tals, mas não existe compromisso no mundo que não possa ser quebrado. Esses “pacto de sangue” que as vezes vejo por aí são tão estúpidos como quem os faz.  Se ele falou que não quer mais, que quer dar um tempo, o máximo que você pode fazer é entender e seguir em frente. Doi? Sim, mas isso é a vida, companheiro! A maior arma que você pode usar pra conquistar uma pessoa é dar liberdade pra ela escolher se quer você ou não. “E se ela não me quiser?” Bom, é um risco que você corre. Mas é bem melhor sofrer um pouquinho por perder alguém que ama do que ter do seu lado uma pessoa que só está lá por dó de você. Ou porque recebeu um feitiço de uma mãe de santo de esquina de periferia.

Pensem nisso!

Bai! @wesleytalaveira

Coruja
amarração, Quando o namoro chega ao fim, relacionamento, Weslley Talaveira
Coruja
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016