Aconteceu Comigo [9] | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Aconteceu Comigo [9]
dez
15
2008
Aconteceu Comigo* / Por: Gislaine Lima ás 11:34

Faz um tempo que não postamos histórias do povo… São tantas que recebemos que fica díficil selecionar as melhores… Tem histórias sem graças, apelativas demais, idiotas e outras engraçadas… Por ex, a história da Laílla, de Nepomuceno, MG, é uma história que eu não desejo pra ninguém… e espero que não aconteça comigo NUNCA!

Minha história é a seguinte:
Precisava estudar pois tinha prova no dia seguinte e minhas amigas chegaram na minha casa me chamando para ir beber com elas.

Não podia de jeito nenhum, pois não tinha estudado nada e minha prova era no outro dia de manhã. As meninas ficaram falando na minha cabeça. Falaram para eu pegar atestado e fazer a prova na semana seguinte. Adorei a idéia, mas o problema é como iria arrumar um atestado.

Até que a Michele, amiga minha, disse para eu tomar 2 comprimidos de novalgina, depois que chegasse do bar e ir no hospital falar que estava passando mal.
Segundo ela, novalgina faz a pressão cair. Estava tudo combinado. As meninas me convenceram que não ia dar errado. Então fui beber. Estava convicta que conseguiria um atestado para o prof me dar outra prova.
Bebi muito e chamei a Michele para ir no hospital comigo. Ela me levou na moto dela. Passei em casa, tomei novalgina e fui para o hospital.

Quando cheguei no hospital, não sabia o que falava pro médico.Desesperei!!!!!!!
Quando fui atendida, o médico perguntou o que eu tinha. Eu gaguejei e disse que estava “meio tonta”… e que não estava muito boa. O médico perguntou se eu bebi e eu respondi que não. haha
Eu com aquele bafo de cachaça não teve outro jeito. O medico mandou eu deitar na maca e disse que a enfermeira iria me atender.

Enquanto isso, minha amiga ficou la fora me esperando. Quando a enfermeira chegou, ela mediu minha pressão e a desgraçada da pressão nunca esteve tão boa como naquele dia. ¬¬
Aí quando fui levantar, a enfermeira disse para eu continuar deitada e saiu do quarto. Minutos depois ela volta com uma seringa na mão para aplicar em mim. Era glicose. Eu desesperada, disse:

_ Pára moça, eu não bebi.
E ela respondeu:
_ Eu sei querida, mas glicose não é só para quem bebeu não. Isso é bom para qualquer tipo de de tonteira. Daqui a pouco você vai estar bem melhor.

E injetou a glicose na minha veia. Depois o médico veio e perguntou se eu tinha melhorado. Respondi que mais ou menos. E depois pedi ele um atestado, pois tinha prova. E o desgraçado, filho da puta, viado e corno disse que não dava atestado a noite. Chorei para ele me dar e ele não deu. Puta que pariu, tomei glicose na veia e não ganhei atestado. E não acaba aqui a história… na hora que saí do quarto com a enfermeira, a mesma viu minha amiga e a conheceu. A enfermeira era madrasta do namorado da Michele. Aí na hora de ir embora, a enfermeira viu que a Michele estava de moto e que eu ia embora de moto com ela, disse que era perigoso me levar de moto, que eu poderia cair da moto por causa da tontura. A Michele sem graça de dizer que eu estava mentindo pra ganhar atestado, concordou com a enfermeira. E adivinha o que a anta da enfermeira fez??? Chamou a ambulância pra me levar em casa. Eu disse que não precisava, que já estava melhor, mas não adiantou… a filha d’uma égua, disse que fazia questão.
Final da história: tomei glicose na véia, fui embora pra casa de ambulância, não ganhei atestado e tomei pau na prova. 😐

Coitada, aposto que nunca mais ela vai querer pegar atestado. Nem quando ela estiver doente de verdade. kkkk

Gislaine Lima
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016