ACONTECEU COMIGO #77 | Blog Insôônia
O melhor jogo online
ACONTECEU COMIGO #77
abr
01
2016
Aconteceu Comigo* / Por: Gislaine Lima ás 14:56

aconteceu-comigo1

A vingança vem de tartaruga

Com dez anos de idade minha família se mudou pra uma cidade do litoral, aos onze voltamos para periferia de São Paulo, onde eu estudei numa escola que era do caraleo, sonho de todo maloqueiro estudar. Quando cheguei na escola, logo me apaixonei de cara por uma mina que eu chamarei de Ellen, foram 2 anos trabalhando forte a prospecção em cima dela pra arranjar uns beijos, eu era feio, magro e Nerd, milagre foi eu ter conseguido… Kkkkkkkkkk

Na sétima série, “aos treze” anos, finalmente consegui ficar com ela, mas ela sempre gostou de um cara, que eu chamarei de Narigudo, mas ele por sua vez nunca deu bola pra ela, e depois de 3 dias que eu e a Ellen estávamos nos pegando nos fundos da escola, vejo ela beijando o narigudo no recreio. Porra, aquilo fodeu com meu coraçãozinho!

O tempo passou e eu sofri calado, não deu pra tirar ela do pensamento, e em um piscar de olhos eu tinha vinte e quatro anos, após uma longa temporada de 5 anos morando em uma capital do Sul do país retornei à perifa de Sampa, porém dessa vez mais malandro, mais vivido, com barba na cara, uns kg a mais e fracamente, uns 3% mais atraente do que eu era aos treze, sim continuo meio Nerd e feio, mas agora com uma carinha de cafajeste, um bom carro, um bom emprego, é uma conversa que vai além do que passou no Datena.

Fui convidado por um amigo, pra ir num churrasco na casa de outro amigo, chegando lá quem eu vejo?
Quem?
Quem?
Raimundo Nonato… Kkkkkkkk Não, a Ellen, e pra minha imensa surpresa, namorando com o Narigudo.

Puxei a capivara dos dois com a galera old school, fiquei sabendo que eles estavam firmes há uns 3 anos, juro por tudo que há de mais sagrado que não tive interesse algum nela, mas nunca esqueci o que acontecera anos atrás.
Pois bem, bebemos, conversamos, demos muita risada, fui pra casa umas 11 da noite, e por volta de uma da manhã recebo um “oi” no whats, e sim, era a Ellen, ela pegou meu número no cel de uma amiga que eu já tinha fricotado em tempos anteriores, e fricotamos bem diga-se de passagem.

Veio com aquela conversa de “nossa, você tá diferente” (pude sentir nessas palavras o desejo que ela tinha de pular em cima de mim), uma semana se passou, conversávamos todo dia, o dia inteiro, e no fim de semana seguinte saímos, bebemos é isso terminou em Motel, naquela noite, me senti o ser humano mais frio ée vingativo do mundo, nunca me dediquei tanto a uma noite de sexo quanto me dediquei àquela, nunca fiz tanta putaria com alguém quanto fiz com ela. Até aquele momento, o momento em que dei seta pra entrar no motel, não tinha rolado nada, mas o sangue subiu e me lembrei dos meus treze anos, descontei uma raiva que estava sendo alimentada por toda sacanagem que fizeram comigo durante minha vida, enfim que noite!

Acordei de pernas moles e com a rola inchada e doendo. 3 dias depois o narigudo descobriu e desde então não olha na minha cara mais, mas no fundo ele sabe que hoje estamos empatados, a diferença é que eles se casaram recentemente e ela vai ter um filho dele. Mas o importante é que eu vinguei.  kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

-anônimo

Gislaine Lima
Envie também a sua história: [email protected]
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2017
Todos os direitos reservados - 2017