Aconteceu Comigo [11] | Blog Insôônia
O melhor jogo online
Aconteceu Comigo [11]
fev
07
2009
Aconteceu Comigo* / Por: Gislaine Lima ás 20:17

Tá, eu sei que “ando postando” pouco as histórias do povo, muita gente tem me cobrado… não imaginava que vocês gostavam tanto de saber da vida do próximo… rsrs Devido a isso e a vários pedidos, me esforçarei para postar toda semana, ok? Por isso, podem mandar suas histórias, que selecionarei as mais engraçadas e postarei aqui no blog.

Peço que procurem escrever correto. Me desanima ter que acentuar palavras, corrigir ortografia, melhorar gramática, trocar “esses” por “cedilha“, entre outros assassinatos cometidos contra a língua Portuguesa. Em todo o caso, se eu não estiver naqueles dias de tpm (tensão pré-micareta), não importarei de fazer a correção.

Bom, vamos direto ao ponto… (ui!) Hoje para reestreiar o “aconteceu comigo”, temos 3 histórias…

  • 1ª história, enviada pelo “Magoolinows” (isto só pode ser apelido)cidade ñ identificada

Estávamos na praia, 11 pessoas numa casa. Bebida daqui, bebida de lá. Todo mundo bêbado. Metade do povo resolve sair de casa e ir tomar banho de mar. Até então, estava sossegado.
Na volta, uma das meninas, que por sinal tava mais louca que o “bátima”, começou a tirar com a cara de um dos caras. O clima foi ficando tenso até ele mostrar o dedão do meio pra menina. Foi então que eu ouvi a melhor resposta para esse bendito sinal em toda minha vida. No meio da rua, praia lotada, ela grita bem alto: “Eu chupo isso!”
Rendeu 1 semana de risada. Não conseguia olhar para a cara da menina sem rir.

  • 2ª História, enviada pela Amanda –  cidade também ñ identificada

Bom, eu estava em casa esperando minhas amigas: Laila, Natalia e Karita (uma vadia falsa que não converso mais) para irmos para crisma. Aí, estava assistindo TV esperando elas chegarem e de repente alguém toca a campainha sem parar gritando:  “Amanda, Amanda, abree, abree…” fui abrir o portão correndo e eram elas, desesperadas entraram e falaram para fechar logo o portão. Depois que fechei e perguntei o que estava acontecendo, elas falaram: “a gente estava vindo né, aí ali na esquina tinham três moleques com uma vassoura rodando no nosso rumo, aí a louca da Natalia gritou pro menino enfiar a vassora no CU.  Pra que ela foi dizer isso… eles vieram atrás da gente!” …  Aí perguntei que tamanho era os meninos e elas falaram que era mais o menos. Depois sentamos e acalmamos, quando de repente o menino começa esmurrar o portão querendo abrir. Enfiava a vassoura, e as meninas começaram a gritar “ai meu Deus, ai meu Deus” … Daí euzinha, doida de tudo, fui e peguei uma faca e enfiei de baixo do portão pra passar medo neles. Só que não resolveu, eles começaram a esmurrar mais ainda o portão e a gente gritava e nenhum vizinho ajudava. Peguei o telefone e fingi ligar pra polícia, aí eles foram embora. Minutos depois, toca a campainha, eu toda feliz pensando que era alguém pra ajudar, mas não, era minha vizinha pedindo um favor… ¬¬ Pediu pra eu digitar uns texto enome pra ela, falei que não tinha como, que já estava na hora de ir pra crisma. Quando estávamos indo de boa, me aparece 3 menininhos que devia ter 1,40 ou menos com uma vassoura, perguntei são esses aí? A Laila respondeu: “É.” …  Comecei a rir e disse: “Não acredito que vocês estavam com medo deles“… Só que os malandrinhos eram bravos. Tentaram acertar a vassoura na Natalia, ai ela pegou a sandália e jogou neles, e  os doidos pegaram a sandália da menina e jogaram no bueiro!!! Quando vi que o bicho pegou, disse que não tinha nada haver com a história! kkkkkkkkk

  • 3ª História, enviada pela Karen – São Paulo

Estava eu e meu namorado sozinhos na casa da minha sogra, aí o clima começou esquentar… ele querendo ir logo para os finalmentes e eu com medo da véia chegar. A coisa estava feia, o clima cada vez mais quente… então foi ali mesmo, na cama do meu namorado. Não resisti!!! O portão da casa é barulhento, então imaginei que iria escutar caso ela chegue. Mas acredita, que não ouvimos nada??? Já no término daquele amor maravilhoso, só escuto minha sogra gritando no corredor da casa, já próximo ao quarto onde estávamos: JADEEEEEE, PRA FORA. (detalhe, Jade é o nome da cachorra que estava em cima da cama dela.) Que sustooooooo véi! Dei um pulo, vocês não imaginam. Naquele sol de matar, corremos para debaixo da coberta. A sogra com certeza escutou nossas gemidas, pq a fedaputa, ainda entra no quarto, senta do lado da cama e começa a conversar comigo. Eu pelada debaixo da coberta, louca para por roupa e a veia nada de sair do quarto. Ela fez de propósito. O pior que a viada é tão vaca que ainda me disse: NOSSA KAREN, SAI DE BAIXO DESSE COBERTOR, VOCÊ TÁ DOENTE, NESSE CALOR E VOCÊ DE BAIXO DE UM COBERTOR DESSES... ¬¬  É de matá né? Ô raiva que me deu. Sorte que meu namorado deu um grito com ela, pra ela sair do quarto, aí levantei e coloquei a roupa. Triste história, porém verdadeira. Riem bastante, mas  isso pode acontecer com vocês a qualquer momento.

hauhauhau, é cada história … RAXEI!!! kkkkkkkkkkkk

Bom, se já aconteceu algo parecido com você, ou alguma coisa que seja ENGRAÇADO, mande-nos. E pelo amor de Deus, não esqueça de se identificar (nome, cidade, estado, religião, status financeiros, etc).

Breve + histórias. :lol:

Gislaine Lima
Aconteceu Comigo*, blog, Blog Insoonia
Gislaine Lima
Os comentários do blog são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade sua.

Deixe seu Comentário

Todos os direitos reservados - 2016
Todos os direitos reservados - 2016