Para atrair um parceiro, os seres humanos costumam usar suas melhores roupas, perfumes, falar de temas interessantes e cuidar de sua imagem pessoal. Depois da conquista, na hora do “mão naquilo, aquilo na mão”, primeiro tentam ser carinhosos, trocar beijos, abraços, caricias…

Pra quem acha que o homem é safado, sem vergonha por natureza e só pensa em sexo é porque não conhece algumas espécies do reino animal que preferem práticas sexuais mais perversas e menos sutis. Vejam alguns exemplos:

  1. A viúva negra, uma vez terminada a fecundação, a fêmea come literalmente o macho. Para quem não sabe a viúva negra é uma aranha araneomorfa, a maior da família Theridiidae. No Brasil, existem dois gêneros considerados de maior perigo: a aranha-marrom e a armadeira, sendo esta última considerada por muitos a aranha mais peçonhenta do mundo. Seus representantes são muito solitários, mas uma vez ao ano acasalam-se. A fêmea mata o macho e come-o depois de dá uma trepadinha;
  2. Os chimpanzés pigmeus são uma espécie que se caracteriza por serem obcecados com o sexo. Para eles, acasalar-se é uma forma saudável de resolver problemas e celebrar quando encontram comida. Também participam de práticas homossexuais e orgias;
  3. O louva-a-deus fêmea costuma morder e comer a cabeça de seu parceiro durante a relação sexual, já que isto ajuda à entrega de esperma e incrementa suas possibilidades de conceber;
  4. Os ratos-marsupiais-australianos também são um pouco perversos. Uma vez que chega a temporada de acasalamento, estas pequenas criaturas se esmeram em encontrar parceiros e podem passar até 12 horas fazendo sexo. Ao final da temporada morrem;
  5. Para as girafas, sobretudo os machos, é um desafio acasalar-se devido a seu grande tamanho. Para saber se a fêmea está no cio, ele golpeará suas ancas a espera de que ela urine. Se isto ocorrer e a urina tiver um cheiro característico, então começará a cortejá-la;
  6. As lesmas da banana distinguem-se por ter um pênis que mede entre 15 e 20 centímetros, um tamanho impressionante se levarmos em conta que seu corpo mede praticamente o mesmo. Estes animais são hermafroditas. Para poder fecundar, devem escolher um parceiro do mesmo tamanho, caso contrário seu pênis ficará atolado durante o ato sexual e seu parceiro terá que arrancá-lo;
  7. Conhecida como Thamnophis sirtalis infernalis ou serpente garter, a fêmea desta espécie exala um feromônio que atrai centenas de machos para que se acasalem com ela. Até 100 serpentes macho participam nestas orgias;
  8. Os caracois são hermafroditas e seus genitais estão localizados próximos aos pescoços, bem atrás de seus olhos. Antes de que dois caracoles se acasalem, lançam “dardos de amor”, feitos de cálcio, o que permite armazenar mais espermas em seus úteros;
  9. Os casais do Amazona Albifrons ou papagaio da cara branca são muito românticos e se beijam muito durante o acasalamento. O curioso é que para dar um tempero a mais na relação e acender o fogo da paixão, vomitam dentro da boca do outro;
  10. Os golfinhos caracterizam-se por ser um dos animais mais inteligentes do reino animal, e também um dos mais sexuais. Este animal tem um pênis retrátil que pode girar. Os machos ocupam esta parte de seu corpo para explorar objetos como se tratasse de uma mão. Eles tendem a acasalar-se muitas vezes ao dia, pois demoram só 12 segundos para ejacular.

Viram só que danadinhos! E quando conto minhas histórias aqui, tem gente que ainda impressiona.

COMENTÁRIO(S)